Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Temer diz que queda da inflação e geração de empregos dão estabilidade ao país - Jornal Brasil em Folhas
Temer diz que queda da inflação e geração de empregos dão estabilidade ao país


Ao inaugurar, hoje (29), o novo aeroporto da cidade de Vitória (ES) -Eurico de Aguiar Salles - o presidente Michel Temer disse que ao assumir o governo resolveu dar andamento a obras que estavam paralisadas, apesar da recessão econômica que o país enfrentava.

“Nos reunimos e dissemos, vamos acabar essas obras, vamos levar adiante, sem embargo das dificuldades com que nos deparamos logo no primeiro momento, que a recessão naturalmente era profunda. E, sem embargo da recessão, conseguimos caminhar por duas vertentes, uma que era retomar as obras e levarmos adiante e recuperar a economia do país”, disse citando a retomada da obra do aeroporto de Vitória que ficou paralisada durante anos.

No discurso, Temer citou que os resultados positivos da economia como a queda da inflação e a geração de empregos têm repercussão para as pessoas que vivem em situação de maior vulnerabilidade. “Isso dá estabilidade para o país. O salário passa a ter mais valor, o alimento não cresce de preço, então, as pessoas passam a ter um padrão de vida muito melhor. Essa é a razão pela qual derrubar a inflação e os juros foi algo importante para o país”, disse.

Ao finalizar o discurso, Temer disse que a Presidência é um trabalho “dificílimo” e sujeito a “bombardeios” constantes. Tenho essa felicidade de ter chegado aqui e não estou falando de um governo de quatro anos ou oito anos, estou falando de um governo que não completou dois anos, tem um ano e 11 meses e foi nesse período que pudemos fazer tudo isso que foi feito mas, particularmente poder inaugurar o aeroporto de Vitória”.

Aeroporto

O novo Aeroporto Eurico de Aguiar Salles recebeu investimentos de R$ 559,4 milhões e terá capacidade para movimentar 8,4 milhões de passageiros por ano. Hoje, a capacidade operacional do atual terminal é 3,5 milhões de passageiros por ano. As operações do novo aeroporto começam nesta sexta-feira (30).

O complexo Eurico de Aguiar Salles inclui o terminal de passageiros com 29,5 mil metros quadrados, pista de pouso e decolagem com 2.058 metros de extensão, além das pistas de taxiamento de aeronaves. O número de pontos comerciais no aeroporto foram ampliados de 35 para 71 e as vagas no estacionamento passaram de 592 para 1,7 mil. O novo aeroporto também terá mais balcões para check-in que serão 31 ante os 25 anteriores.

As obras do aeroporto foram iniciadas em 2005 e paralisadas, sendo retomadas em 2015 após novo processo licitatório.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212