Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Presidente egípcio reeleito com mais de de 92% dos votos - Jornal Brasil em Folhas
Presidente egípcio reeleito com mais de de 92% dos votos


O presidente egípcio Abdel Fattah Al-Sissi foi reeleito com mais de 92% dos votos para um novo mandato, de acordo com as primeiras estimativas divulgadas pela imprensa estatal, mas o índice de participação de apenas 40% diminui sua legitimidade.

Os resultados oficiais serão anunciados na próxima segunda-feira.

Quase 23 milhões de pessoas de um total de 60 milhões de eleitores compareceram às urnas para votar na eleição organizada entre segunda-feira e quarta-feira, informaram os jornais Al-Ahram e Akhbar al-Yaum, assim como a agência oficial Mena.

De acordo com o Al-Ahram, além dos 23 milhões de eleitores com votos válidos, outros dois milhões anularam seus votos, com os nomes de candidatos que não estavam na disputa.

Sissi era considerado o vitorioso antes mesmo da eleição. Ele teve apenas um adversário na disputa: Musa Mostafa Musa.

Musa, um empresário de 65 anos, desconhecido da população em geral e simpatizante do presidente, obteve apenas 3% dos votos, de acordo com as estimativas do Al-Ahram.

Na quarta-feira à noite, Musa anunciou sua derrota, após a divulgação dos primeiros resultados parciais.

O empresário, líder do minúsculo partido liberal Al-Ghad, virou candidato um pouco antes do fim do prazo para a apresentação de candidaturas, evitando assim uma disputa com apenas um nome.

Al-Sissi, ex-comandante do Estado-Maior das Forças Armadas, destituiu o único presidente egípcio democraticamente eleito - o islamita Mohamed Morsi - após grandes protestos em 2013, e venceu a eleição de 2014 com 96,9% dos votos.

A taxa de participação este ano ficou próxima de 40%, segundo a imprensa, apesar dos apelos do primeiro-ministro Sherif Ismail. Em 2014, o índice chegou a 37% em dois dias de votação e alcançou 47,5% após a prorrogação por mais um dia.

Os eleitores sem uma razão considerada válida para não votar devem pagar uma multa de 500 libras egípcias (22 euros), advertiu a Comissão Eleitoral.

Em uma entrevista coletiva, um dos diretores da Comissão, Mahmud al Sherif, disse que não foram registradas irregularidades durante a votação.

Os grupos de oposição convocaram um boicote às eleições.

Durante a campanha não foram organizados debates e Al-Sissi não apareceu em nenhum evento.

Em uma entrevista poucos dias antes da eleição, Al-Sissi disse que preferia enfrentar mais candidatos e negou qualquer intervenção para impedir outros nomes.

A derrubada de Morsi abriu um período de repressão no qual centenas de islamitas morreram ou foram presos.

A repressão inicial contra os islamitas atingiu mais tarde os liberais e ativistas da esquerda.

Ao mesmo tempo, um movimento rebelde jihadista matou centenas de policiais e civis.

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212