Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Presidente da Câmara e deputados criticam ataque à comitiva de Lula no Paraná - Jornal Brasil em Folhas
Presidente da Câmara e deputados criticam ataque à comitiva de Lula no Paraná


Os ataques a tiros à caravana do ex-presidente Lula entre os municípios de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Paraná, na terça-feira (27), repercutiram na Câmara dos Deputados. Dois veículos foram atingidos por disparos de arma de fogo; ninguém se feriu. No Plenário, parlamentares de diferentes partidos repudiaram o ataque.

Para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, os tiros à caravana de Lula assim como a notícia de que o relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, está sofrendo ameaças são episódios graves, que merecem investigação e punição exemplar.

“Os tiros no ônibus foram o ponto final de alguns dias de absurdos, inviabilizando a mobilização do ex-presidente Lula, que é legítima, democrática. Somado às ameaças ao ministro Fachin, são de uma gravidade extrema”, afirmou Rodrigo Maia.

“Está na hora de o Estado brasileiro como um todo, o Ministério da Segurança, o governo federal e os governos dos estados avançarem rapidamente sobre esses dois episódios, que são simbólicos, descobrir e dar punições firmes, rápidas e exemplares para que não se repitam num país que se diz democrático”, continuou.

Pedidos
Os deputados petistas Maria do Rosário (RS) e Wadih Damous (RJ) entregaram ontem um documento a Rodrigo Maia em que solicitam providência para que a Casa combata o ódio contra a vida política. Os parlamentares lembraram o caso da vereadora do Psol Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro, e o fato de que na comitiva de Lula estavam os deputados petistas Zeca Dirceu (PR), Enio Verri (PR) e Paulo Pimenta (RS).

Na avaliação de Maria do Rosário, as investigações sobre os ataques aos ônibus da caravana de Lula deveriam ser federalizadas. Ela se reuniu com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann – que considerou “inaceitável” o ataque à caravana, mas disse que cabe às autoridades do Paraná investigarem se foi ou não um atentado político.

Discursos
Em Plenário, o deputado Miro Teixeira (Rede-RJ) alertou para o risco que ataques como esse trazem à democracia. “Parem com isso! Permitam o debate livre das ideias. Não é possível que o nosso país termine resolvendo as coisas na bala, no meio da rua!”

Para o deputado Cabo Sabino (Avante-CE), extremismos não ajudam. “O direito de falar, de votar, de colocar o que se pensa em debate são a maior conquista que temos. Não vai ser com paus, pedras, tiros e intolerância que vamos construir um Brasil melhor.”

Reportagem - Ana Raquel Macedo
Edição - Ralph Machado



 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212