Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 CBF escolhe Goiás para implantar projeto social inédito - Jornal Brasil em Folhas
CBF escolhe Goiás para implantar projeto social inédito


Goiás será o primeiro Estado brasileiro a desenvolver e implantar um método elaborado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para incentivar o esporte entre meninos e meninas em idade escolar.

O governador Marconi Perillo assinou nesta sexta-feira, dia 11, uma carta de intenções durante visita do secretário-geral da entidade, Walter Feldman, a Goiânia, que prevê a discussão conjunta das diretrizes do projeto intitulado ainda preliminarmente de Paixão Nacional, que visa criar uma metodologia para a formação de jogadores de base, a partir do segundo semestre deste ano.

A formatação do projeto deve ser concluída nas próximas reuniões do grupo de trabalho formado por técnicos da CBF e da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), agendada para maio. Segundo Feldman, a intenção é promover o processo de ensino-aprendizagem do futebol como instrumento de cidadania. “Queremos contribuir para formação de cidadãos. A escolha de Goiás se dá, além da localização, pela compreensão de Marconi e Raquel Teixeira sobre a importância de se trabalhar Educação e Esporte de forma conjunta”, destacou.

Método próprio
O secretário-geral da CBF destacou ainda que a criação de um método próprio garante uma formação mais abrangente de qualidade de novos talentos. O projeto vem sendo pensado há cerca de um ano. Marconi frisou o apoio do Estado à iniciativa. “Apoiamos a iniciativa. Contem com o Governo de Goiás para termos bons resultados e sermos vitrine para o País. Agradeço, em nome do povo goiano, a escolha de Goiás”, ressaltou o governador.

O secretário-geral frisou que a administração de Marconi à frente de Goiás foi decisiva para a escolha do Estado para iniciar o projeto-piloto. “Há políticos que se preocupam só com a próxima eleição e outros que se preocupam com a nova geração. Marconi é destes estadistas preocupados com as gerações”, ressaltou.

Ele destacou que parte da pirâmide de formação esportiva do Brasil está hoje descoberta. “Temos o ápice da pirâmide, que é a Seleção Brasileira, e o meio, onde estão os clubes de futebol. Mas o País do futebol ainda tem a base pirâmide, onde deveriam estar as escolas de formação, ainda em estruturação. Queremos fomentar a maior paixão nacional como prática socioeducativa-esportiva para o desenvolvimento de valores e princípios deste País”, ressaltou.

Ganhos sociais

A secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, ressaltou os ganhos sociais e econômicos de um projeto como este. “Pelo aspecto social, é uma oportunidade única de utilizar o processo de ensino-aprendizagem do futebol para contribuir com o aprendizado e a formação de nossos estudantes. Pelo aspecto econômico, 1,4% do PIB mundial é movimentado pelo futebol. Só 0,2% vêm para o Brasil. Estamos exportando nossos talentos. Esta é uma forma de retê-los.”

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE