Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Juliano Moreira ganha projeto de reforma do curso de Arquitetura da UFPB - Jornal Brasil em Folhas
Juliano Moreira ganha projeto de reforma do curso de Arquitetura da UFPB


Alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo (6º período) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) apresentaram, nesta quarta-feira (28) pela manhã, no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, um projeto de reforma do pátio do Complexo, com base na humanização dos pacientes. “A vegetação, as cores e todos os detalhes da reforma foram pensados de forma a tornar a convivência dos pacientes mais compartilhada, harmônica e humanizada”, disse a aluna, Mirella Vitorino.

De acordo com o projeto, o ambiente que atualmente é à base de concreto, se transformará em área de convivência. Para isso, ganhará várias cores, vegetação, incluindo uma horta, e as salas serão transformadas em espaços de atividades lúdicas e físicas, a exemplo de yoga, reiki, artes plásticas e audiovisual.

“Estamos muito satisfeitos e gratos por estas parcerias que só trazem benefício à sociedade. Este projeto vai possibilitar um melhor atendimento, por meio de práticas integrativas, auxiliando no processo de desospitalização, diminuindo o tempo de internação, de acordo com o que prevê a reforma psiquiátrica”, falou o diretor geral do Complexo, Valter Franco.

O professor da disciplina Edificações IV, do curso de Arquitetura da UFPB, Marcos Santana, explicou que sempre busca temas diferentes para trabalhar com os alunos. “Fico muito feliz por saber que, por meio da arquitetura, vamos contribuir com a humanização dos pacientes do Juliano Moreira”, ponderou, acrescentando que, além do objetivo principal do projeto, que foi adequar as instalações para um ambiente mais harmônico, houve também a preocupação com a viabilidade econômica.

O diretor do Juliano explicou que o serviço será executado pelo setor de engenharia e manutenção do Complexo e que, possivelmente, contará com a colaboração de empresas parceiras. Toda a reforma será acompanhada pelos alunos, autores do projeto.

“Somos muito gratos pela oportunidade de realizar este trabalho a partir de uma realidade bem diferente, mas que é enfrentada, cotidianamente, por inúmeras famílias. Além da importância do projeto em si, ainda tivemos oportunidade de quebrar preconceitos”, confessou o aluno, Iury Bonifácio.

 

Últimas Notícias

Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Marcha da Consciência Negra pede democracia, direitos e fim do racismo
Bolsonaro diz que vai seguir normas legais para indicação à PGR
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa
Reunião do Escola sem Partido é novamente suspensa em comissão mista
Eunício e equipe do futuro governo voltam a discutir cessão onerosa
Brasil encerra o ano com vitória sobre Camarões por 1 a 0

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212