Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Líderes comunitários são orientados sobre serviços e regulação da Caravana em Cuiabá - Jornal Brasil em Folhas
Líderes comunitários são orientados sobre serviços e regulação da Caravana em Cuiabá


O Governo do Estado realizou nesta sexta-feira (28.03), na Arena Pantanal, em Cuiabá, uma reunião ampliada com líderes comuntários dos municípios que serão atendidos na 13ª Caravana da Transformação. O objetivo era apresentar o projeto e explicar como funciona o processo de regulação, assim como incentivá-los a auxiliar na identificação de pessoas que precisam de atendimento oftalmológico, e orientá-las a procurarem as unidades de saúde para fazer o cadastramento. O público alvo são pessoas com idade a partir de 55 anos.

A Caravana em Cuiabá será realizada entre os dias 16 de Abril e 10 de Maio, na Arena Pantanal. A expectativa é realizar mais de 20 mil consultas e 15 mil cirurgias de catarata, pterígio e yag laser.

“Esta sem dúvidas, é uma das maiores edições da Caravana e precisamos da ajuda do movimento comunitário, das igrejas das várias denominaçõe, agentes de saúde para que mobilizem a população. Cada prefeito tem a responsabilidade de fazer com que aquelas pessoas que nunca foram enxergadas, as mais humildes, possam passar a enxergar. Nós vamos tirar estas pessoas da escuridão, do esquecimento”, salientou o governador Pedro Taques.

A programação da Caravana conta com consultas, exames e cirurgias oftalmológicas e também serviços de cidadania no período de 23 a 28 de abril. Esta edição atenderá os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nova Brasilândia, Nossa Senhora do Livramento, Planalto da Serra, Poconé, Santo Antônio do Leverger, Rosário Oeste e Nobres.

“Para nós, do município de Cuiabá, estamos vendo um sonho realizado. Há alguns meses tivemos uma reunião na Ucamb e solicitamos para que a Caravana atendesse também o povo cuiabano. Hoje quero parabenizar a toda a equipe por nos incluir neste processo e ajudar quem precisa tanto no nosso município, como nos outros que já passaram por essa experiência”, afirmou o secretário de relações comunitárias de Cuiabá, Jonail da Costa Silva.

De acordo com o secretário de Estado do Gabinete de Governo e coordenador-geral da Caravana, José Arlindo de Oliveira, todos devem estar preparados para fazer o direcionamento de maneira correta.

“Fazemos essas reuniões em todas as edições da Caravana. Como são municípios diferentes, todos recebem as informações para que não haja dúvidas ou imprevistos. Esta é uma oportunidade única e estamos fazendo de tudo para que estas pessoas que precisam de atendimento e cirurgia sejam correspondidas”, disse o secretário.

Para receber o encaminhamento, o paciente deve ter a partir de 55 anos e apresentar documento de identificação, comprovante de endereço atual e cartão SUS. O cadastramento é gratuito. Nos municípios do Vale do Rio Cuiabá beneficiados nesta edição, a regulação é feita apenas na Secretaria Municipal de Saúde em Cuiabá e Várzea Grande o cadastro está disponível em postos credenciados.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212