Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Unemat entrega título de doutor honoris causa a Maldonado - Jornal Brasil em Folhas
Unemat entrega título de doutor honoris causa a Maldonado


O título de doutor honorois causa in memorian foi entregue para o ex-reitor da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), professor Carlos Alberto Reyes Maldonado, durante a 2ª sessão ordinária do Conselho Universitário, nesta quarta-feira (28.03).

O título foi recebido pela esposa do homenageado, Margareth Maldonado, e pela irmã, Cristiane Maldonado. A honraria foi concedida pelo Consuni durante sua 1ª sessão ordinária, realizada em Luciara no dia 9 de fevereiro.

“Quando pensamos em Maldonado, pensamos em alguém que nos incentivava a ser, a existir, e nunca o contrário”, disse João Mário Maldonado, primo do ex-reitor. “Maldonado respondia às críticas com amor, com exemplo”, lembrou João, que discursou em nome da família Maldonado.

“Nós só estamos aqui, nós só construímos esta universidade, porque tivemos alguém que tinha esta visão, este olhar além do dia-a-dia, este olhar para o futuro”, disse a reitora da Unemat, Ana Maria Di Renzo.

“Maldonado nos ensinou que concretizar o sonho de existência da Unemat era possível”, declarou a professora Vera Regina Martins e Silva, uma das fundadoras da universidade. “O professor Maldonado foi fundamental pelas lutas, pelas batalhas que esta Instituição precisou passar”, disse o professor Dimas Neves, que foi estudante da na época em que Maldonado era reitor.

“Maldonado nos incentivou a transformar este projeto de uma universidade pública no interior de Mato Grosso em uma realidade”, falou o ex-reitor da Unemat, Arno Rieder. “Adicionar o nome do professor Maldonado ao nome da Unemat é uma homenagem mais do que merecida para uma pessoa que contribuiu tanto, não só para a Unemat, mas por todos que passaram por ela”, defendeu o ex-reitor, Adriano Aparecido Silva. “Ele continuou a expor seus pensamentos, a explicar suas ideias e a contagiar pessoas com o sonho de uma Unemat do interior para o interior”, explicou o ex-reitor, Dionei José da Silva.

Também compuseram a mesa de honra o vice-reitor Ariel Lopes Torres; o diretor político-pedagógico e financeiro do Câmpus Universitário de Cáceres, Antônio Francisco Malheiros; os pró-reitores de Ensino de Graduação, Vera Lúcia da Rocha Maquêa; de Pesquisa e Pós-Graduação, Rodrigo Bruno Zanin; de Extensão e Cultura, Anderson Marques do Amaral; de Gestão Financeira, Alexandre Gonçalves Porto; de Administração, Gustavo Domingos Sakr Bisinoto; e de Planejamento e Tecnologia da Informação, Francisco Lledo dos Santos; o diretor da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cáceres, Júlio Cesar Bacovis; e a representante do Sindicato dos Docentes, Luciene Neves.

Trajetória

Primeiro reitor da Unemat, Carlos Alberto Reyes Maldonado era professor de Ciências Sociais, formado pela Universidade de São Paulo (USP), e atuou no curso de Direito do câmpus de Cáceres por mais de 30 anos. Maldonado era o diretor da Fundação Centro de Ensino Superior de Cáceres (Fcesc) de 1989 a 1993, momento em que a Instituição expande, por meio de câmpus, a outros municípios de Mato Grosso. Maldonado sonhou, formulou e implantou o projeto nos moldes multicâmpus adotados até hoje pela Unemat.

Maldonado ingressou na Instituição em 1986 como professor contratado. Depois, assumiu a função de coordenador do Fcesc e, após a criação da Unemat, a função de reitor nomeado, sendo eleito em seguida para ocupar a função de reitor. O primeiro reitor da Unemat ficou no cargo entre os anos de 1994 e 1996, quando renunciou para conduzir a Secretaria de Educação de Mato Grosso, nos anos de 1996 e 1997. Entre 2000 e 2004 foi secretário de Educação de Cuiabá e, na sequência, coordenou a Regional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Estado e a Consulta da Carta da Terra no Brasil. Em 30 de janeiro de 2016, o professor Maldonado faleceu, aos 54 anos de idade, em virtude de complicações de saúde.

Homenagem

A Universidade do Estado de Mato Grosso passa a se chamar Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado, conforme o Projeto de Lei Complementar Nº 03/2016, aprovado no último dia 21, por unanimidade, no plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), em Cuiabá, que altera a denominação da universidade.

Consuni

A 2ª Sessão Ordinária do Consuni 2018 teve início ontem (27) no Auditório Edival dos Reis, na Cidade Universitária da Unemat em Cáceres.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212