Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Plano Diretor Metropolitano do Vale do Rio Cuiabá será encaminhado nos próximos dias - Jornal Brasil em Folhas
Plano Diretor Metropolitano do Vale do Rio Cuiabá será encaminhado nos próximos dias


O anteprojeto de lei do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (PDDI) será encaminhado para aprovação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso nos próximos dias. O documento foi aprovado pelo Conselho Deliberativo Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá (Codem), em reunião ordinária no Palácio Paiaguás, nesta terça-feira (27.03).

A presidente da Agência de Desenvolvimento Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá (Agem), Tânia Matos, disse que o plano metropolitano irá direcionar o planejamento das funções públicas de interesse comum, trazendo diretrizes e a partir delas serão elaborados os planos setoriais.

“Agradeço a todos os conselheiros e em especial aos prefeitos metropolitanos, que conceberam o papel da governança interfederativa, e juntamente com o Governo do Estado, construíram uma unidade em prol da Região metropolitana”, disse Tânia.

Para a elaboração do plano foram realizados 70 eventos, entre reuniões temáticas, reuniões técnicas e audiências públicas nos municípios de Acorizal, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande. Deste total, 14 foram audiências públicas nas cidades da região metropolitana de Cuiabá. Os eventos contaram com a participação de aproximadamente 1.900 pessoas.

O Plano é elaborado de acordo com as diretrizes do Estatuto da Metrópole, Lei Federal 13.089 sancionada em janeiro de 2015, e tem como objetivo promover a integração de ações entre os municípios que formam uma metrópole, em parceria com os governos estadual e federal.

A elaboração do plano foi acompanhada pelo Codem, composto por representantes de governos e da sociedade civil e conta com assessoria técnica do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam).

O plano diretor é instrumento obrigatório para promover o planejamento, a gestão e a execução das Funções Públicas de Interesse Comum (FPICs) dos municípios que compõem a região metropolitana do Vale do Rio Cuiabá. As funções públicas têm reconhecimento jurídico e são resposta institucional para problemas urbano-regionais com forte impacto na estruturação do território.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212