Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Canal de TV da Colômbia exibe vídeo de jornalistas equatorianos sequestrados - Jornal Brasil em Folhas
Canal de TV da Colômbia exibe vídeo de jornalistas equatorianos sequestrados


Uma equipe de imprensa sequestrada na semana passada na fronteira com a Colômbia pediu ao governo do Equador que alcance um acordo com os sequestradores, em um vídeo exibido pelo canal colombiano RCN na madrugada de terça-feira.

A gravação é a primeira prova de vida do jornalista, do fotógrafo e do motorista do jornal El Comercio, um dos mais influentes do Equador, sequestrados por supostos guerrilheiros colombianos dissidentes.

O vídeo de 23 segundos mostra o repórter Javier Ortega (32 anos), o fotógrafo Paúl Rivas (45) e o motorista Efraín Segarra (60) abraçados, com algemas e correntes no pescoço.

Um dos reféns pede ao governo do presidente equatoriano Lenín Moreno um acordo para a libertação.

No vídeo é possível ouvir a exigência dos sequestradores - não identificados - de uma troca por seus três detidos no Equador para que os repórteres possam seguir sãos e salvos a seu país.

Também pedem o fim da cooperação antiterrorista com a Colômbia.

A RCN não revelou como obteve o vídeo, nem a data ou local da gravação.

O Equador expressou seu mal-estar pela divulgação do vídeo.

O Governo Nacional ante a difusão de um vídeo por parte de um meio de comunicação colombiano, no qual são expostos os três integrants da equipe jornalística sequestrada, expressa seu profundo mal-estar e rejeição, assinalou a Secretaria Nacional de Comunicação (Secom).

Desde o momento do sequestro - o primeiro de jornalistas equatorianos em três décadas -, os profissionais de imprensa organizam vigílias em Quito para pedir o retorno dos colegas.

Na quinta-feira, o governo equatoriano informou que estava em negociações para obter a libertação da equipe de imprensa, mas sem revelar detalhes sobre as demandas dos criminosos.

Ortega e os dois colegas foram sequestrados quando preparavam reportagens em Mataje, na fronteira com a Colômbia, região onde as autoridades dos dois países perseguem guerrilheiros que se afastaram do processo de paz com as já dissolvidas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O exército colombiano apontou os dissidentes comandados pelo equatoriano Walter Artízala, conhecido como Guacho, como responsáveis pelo sequestro.

O comandante do Estado-Maior, general Alberto Mejía, declarou, no entanto, que não existem evidências de que os três reféns foram levados para o território colombiano, como afirma o governo equatoriano.

No vídeo, um dos sequestrados dá a entender que estão fora do Equador.

Os grupos dissidentes - que segundo a inteligência militar teriam 1.200 combatentes - estão envolvidos com o narcotráfico e mineração ilegal.

Guacho se afastou do processo de paz e permaneceu à frente de um grupo de entre 70 e 80 homens, que se desloca entre os dois países por uma área de selva que serve de rota para o tráfico de drogas.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212