Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


12 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Dia de Campo mostra manejo de pastagem e alternativas de alimentação para gado leiteiro - Jornal Brasil em Folhas
Dia de Campo mostra manejo de pastagem e alternativas de alimentação para gado leiteiro


Na área do produtor rural Iloir Bastian, mais conhecido por Fritz, no Assentamento Rural Keno, localizado no município de Cláudia (620 km ao Norte de Cuiabá), foi realizado um dia de campo sobre gado leiteiro com demonstração sobre manejo de pastagem e alternativas de alimentação para o gado no período da seca. O evento contou com a participação de 50 pessoas entre produtores e alunos do Curso Técnico em Agropecuária do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego).

O técnico agropecuário da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Andrei Juliano Campeol, relata que a Empaer em parceria com a Secretaria de Agricultura do município por meio do Programa Cláudia Produtiva que elaborou um projeto para recuperar uma área de um hectare de pastagem degradada e a implantação de 28 piquetes rotacionados. Ele conta que, menos de cinco meses após a recuperação das pastagens, o gado passou a produzir quatro litros de leite a mais por animal.

Com uma área de 12 hectares de terra, o produtor rural Fritz possui um plantel de 30 vacas leiteiras das raças gersey, girolanda e holandesa. Conforme o produtor, após a implantação dos piquetes os animais tiveram uma produção de até 10 litros de leite por dia, que antes era de apenas 6 litros/leite dia. Ele explica que hoje está tirando leite de apenas 12 vacas, com uma produção que chega diariamente a 130 litros/leite.

Outro fator importante foi a redução no consumo de ração, enquanto as vacas consumiam entre 1,5 a 2 quilos por dia, com os piquetes, alguns animais chegam a comer apenas 700 gramas de ração. Devido aos bons resultados, a intenção do produtor Fritz é recuperar mais dois hectares de pastagem e implantar os piquetes rotacionados para gado de leite e de corte.

Durante o evento, o técnico Andrei abordou em sua palestra as alternativas para alimentação do gado no período da seca. Ele e o técnico da Secretaria de Agricultura, Lucas Vendrame Marins, demonstraram como fazer uma silagem ensacada utilizando materiais de baixo custo e de boa qualidade disponíveis na propriedade. A silagem ensacada pode ser armazenada por um período de até três anos. O técnico agropecuário da Empaer, Breno Gimenez, destacou o manejo de pastagem e a importância da adubação e da renovação da pastagem.

O dia de campo foi realizado no dia 24 de março e mostrou como produzir leite com custo baixo e a importância de adubar e rotacionar a pastagem. O evento contou com a presença do prefeito municipal Altamir Kürten, secretário de Agricultura Francisco Edson Moreira, produtores e técnicos da Empaer.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212