Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Observatório Territorial vai subsidiar políticas de habitação - Jornal Brasil em Folhas
Observatório Territorial vai subsidiar políticas de habitação


Resultado de acordo de cooperação técnica entre a Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) e a Secretaria de Gestão do Território e Habitação, o conteúdo do site vai subsidiar políticas relacionadas à pasta.

Segundo o secretário Thiago de Andrade, todo projeto e trabalho novos da pasta passarão a integrar o banco de dados. “A cada entrega de escrituras que fizermos, as informações serão colocadas automaticamente na plataforma”, exemplificou o titular da Secretaria de Gestão do Território.

Inicialmente, o observatório é composto por 33 indicadores, divididos em seis eixos temáticos:

Habitação
Imobiliário
Informalidade fundiária
Mobilidade
Vegetação e água
Uso da terra

Em cada um deles, quem visitar o portal terá acesso a iniciativas do governo local em uma série histórica levantada pela Codeplan.

“O que vemos aqui é uma ferramenta de gestão política, que também serve para a comunicação com a sociedade ao fornecer uma perspectiva histórica aliada com a produção de novos conhecimentos”, destacou na cerimônia de lançamento a colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg.

O presidente da Codeplan, Lucio Rennó, explicou que, assim, os conteúdos ficam disponíveis para a administração pública e para a população. “É um instrumento de pesquisa que segue a perspectiva de abertura de dados e que aumenta a transparência do governo.”
Boletim interrompido também é base para o Observatório

Além dos dados construídos por meio do acordo de cooperação técnica, a plataforma tem informações do Observatório Imobiliário, boletim criado em 2011 pela Secretaria de Gestão do Território para atualizar o mercado imobiliário da cidade.

Em 2013, o observatório foi interrompido, mas teve as informações renovadas com outro acordo de cooperação técnica entre a pasta e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que atualizou os valores. Com esses dados, foi composta a série histórica do eixo Imobiliário no novo formato.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212