Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 MP questiona Liesa por não ter rebaixado nenhuma escola no carnaval de 2018 - Jornal Brasil em Folhas
MP questiona Liesa por não ter rebaixado nenhuma escola no carnaval de 2018


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) instaurou inquérito civil para apurar as razões do descumprimento do regulamento do desfile das escolas de samba do Grupo Especial no Carnaval de 2018. A medida tomada pela Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital foi motivada por denúncia contra a atitude adotada pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), que não rebaixou nenhuma agremiação do grupo especial após a apuração do resultado dos desfiles deste ano, contrariando o regulamento.

A decisão de manter no grupo especial as escolas Acadêmicos do Grande Rio e Império Serrano foi tomada pela plenária da Liesa no dia 28 de fevereiro. Só a Mangueira e a Portela foram contrárias à anulação do rebaixamento das duas para a Série A.

Com o resultado, o Grupo Especial em 2019 terá 14 escolas de samba, incluindo a Unidos do Viradouro, que subiu da Série A. Este é o segundo ano consecutivo que nenhuma escola será rebaixada. Em 2017, a Paraíso do Tuiuti e a Unidos da Tijuca foram beneficiadas pela medida e permaneceram no Grupo Especial.

O Ministério Público expediu um ofício à Liesa para que se manifeste sobre o inquérito em no máximo 30 dias, esclarecendo as circunstâncias do não rebaixamento. A portaria reforça que é função institucional do Ministério Público, por meio de suas promotorias de Justiça, a defesa dos direitos difusos, coletivos e individuais homogêneos dos consumidores.

A Agência Brasil entrou em contato com a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) sobre o questionamento do Ministério Público de nenhuma escola ser rebaixada no carnaval de 2018 e aguarda resposta.

Edição: Lidia Neves

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212