Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Novo ministro da Fazenda terá apoio total do presidente, diz Meirelles - Jornal Brasil em Folhas
Novo ministro da Fazenda terá apoio total do presidente, diz Meirelles


O novo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, terá o apoio total do presidente Michel Temer para continuar a reestruturar a economia brasileira, disse hoje (6) o titular da pasta, Henrique Meirelles, ao anunciar que deixará o cargo. Segundo Meirelles, ainda persistem desafios para a equipe econômica que deverão ficar a cargo do futuro ministro.

“A crise está superada, mas ainda há coisas a serem enfrentadas. Esse legado não pode ser perdido, nem esquecido. Precisamos persistir neste caminho que levou o país à rota do crescimento. É preciso perseverança e coragem. O novo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, vai garantir que essa política continue”, declarou Meirelles.

Em entrevista após o pronunciamento de despedida, Meirelles disse ter conversado com o presidente Temer duas vezes hoje. Na primeira, durante a manhã, comunicou ao presidente a decisão de deixar o cargo, que, segundo Meirelles, ainda não tinha sido formalizada. Na segunda vez, por volta das 14h, foi ao Palácio do Jaburu acompanhado de Guardia para oficializar a substituição.

Segundo o ministro, apesar de a reforma da Previdência não ter sido votada e de várias medidas provisórias de ajuste fiscal estarem perdendo a validade, a equipe econômica continuará trabalhando para que o Congresso aprove dois projetos importantes para o governo nos próximos meses: a privatização da Eletrobras e a simplificação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

O principal desafio de Guardia, destacou Meirelles, consistirá em manter a recuperação do emprego e cumprir a previsão de o país fechar o ano com a criação de 2,5 milhões de postos de trabalho. “O fato concreto é que o trabalho continua. O importante é que mudamos a direção. Estávamos indo para um caminho que levava à recessão”, comentou o ministro.

Meirelles confirmou hoje que deixará o Ministério da Fazenda para disputar as eleições deste ano. Filiado ao MDB, o ministro não disse a qual cargo pretende concorrer. Ao se despedir da função, Meirelles ressaltou que ajudou a tirar o país de duas crises econômicas em governos diferentes. Ele destacou a aprovação do teto federal de gastos como “fundamental” para recuperar a confiança dos agentes econômicos.

“A crise econômica prejudica o dia a dia das pessoas. Tira comida do prato dos mais pobres, diminui a capacidade de compra das famílias e cria desemprego. Tira esperança das pessoas. Minha função no Banco Central [governo Lula], assim como na Fazenda, foi ajudar o Brasil. Encontramos desemprego, inflação, perda de renda e falta de respeito com os pagadores de imposto”, comentou.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212