Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Indústria de armas não letais doa equipamentos para a segurança pública do Rio - Jornal Brasil em Folhas
Indústria de armas não letais doa equipamentos para a segurança pública do Rio


A área de segurança pública do Rio recebeu hoje (6) a doação de cerca de R$ 2,4 milhões em armamentos e munições não letais. O material foi entregue ao interventor federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro, general Walter Braga Netto, pelo presidente da empresa Condor e do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (Simde), Carlos Erane Aguiar.

A cerimônia ocorreu no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, região central do Rio. O Gabinete de Intervenção Federal (GIF) vai repassar o material à Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro (Seseg).

Segundo o GIF, entre os 16,5 mil equipamentos não letais doados pela empresa estão dez kits de pistolas elétricas incapacitantes; 3 mil sprays de agente lacrimogêneo; 3 mil projéteis de gás lacrimogêneo; 500 granadas manuais de gás lacrimogêneo com chip de rastreabilidade; 10 lançadores de munição não letal e 10 mil munições de impacto controlado. A Condor é uma empresa sediada na região metropolitana do Rio de Janeiro, com mais de 30 anos de funcionamento.

O general Braga Netto agradeceu a doação e destacou o comprometimento da indústria de defesa nacional com o sucesso da intervenção federal. “Estamos atuando para a melhora do ethos militar da Polícia Militar e elevar a capacidade investigativa da Polícia Civil, cada um dentro da sua esfera de atribuição, mas trabalhando com sinergia. Essa doação vem em excelente hora e mostra que o país inteiro está voltado para que a sensação de segurança no Rio de Janeiro volte a melhorar”, disse.

Segundo nota no Twitter da Secretaria de Segurança Pública, o chefe da Polícia Civil, delegado Rivaldo Barbosa, disse que a doação tem uma representatividade muito grande por dois motivos. A primeira em razão da crise econômica. A segunda pela importância dos equipamentos, pois demonstram “a nossa atuação no uso progressivo da força”.

Participaram também da cerimônia o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Luís Cláudio Laviano; o chefe de Polícia Civil, Rivaldo Barbosa; o assessor de Relações Institucionais do GIF, general Sérgio Pereira, e o conselheiro estratégico da Condor e presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (Abimde), Frederico Aguiar.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212