Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Parque do Ibirapuera terá sábado de vacinação contra a febre amarela - Jornal Brasil em Folhas
Parque do Ibirapuera terá sábado de vacinação contra a febre amarela


Os frequentadores do Parque do Ibirapuera que ainda não se vacinaram contra a febre amarela poderão receber a dose neste sábado (7), durante a abertura da quarta edição da Virada da Saúde. A atividade fará parte da ação promovida pela Secretaria da Saúde de São Paulo e acontecerá na Arena de Eventos, ao lado do Museu Afro Brasil (portão 10), das 10h às 16h.

Para receber a dose, é preciso levar documento de identificação com foto e, se possível, carteira de vacinação e cartão SUS. Além da ação no parque, a campanha de imunização contra a doença segue neste sábado em cerca de 80 postos de saúde, que estarão de plantão para atender à demanda. As unidades de plantão e seus respectivos horários de atendimento estão disponíveis no site da prefeitura.

Durante a semana, a dose é aplicada em todos os postos da capital paulista. O usuário pode localizar a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência mais próxima de seu endereço por meio da ferramenta Busca Saúde. A campanha de imunização, que começou em setembro do ano passado, se estenderá até 30 de maio. A Secretaria da Saúde reforça que a vacina contra a febre amarela não é indicada para crianças menores de 9 meses de idade, gestantes, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e pacientes com imunodepressão de qualquer natureza, com neoplasia (câncer), com HIV, em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores) e submetidos a transplante de órgãos. Em caso de dúvida, é importante consultar o médico antes de se vacinar.

Mulheres amamentando crianças com até 6 meses de idade e gestantes que são residentes das áreas de risco devem ser vacinadas, após avaliação do médico do pré-natal. Depois de receber a vacina, a lactante deve suspender a amamentação por 10 dias.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212