Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 SES realiza reunião com municípios prioritários para debater sobre IST/Aids e Hepatites Virais - Jornal Brasil em Folhas
SES realiza reunião com municípios prioritários para debater sobre IST/Aids e Hepatites Virais


A Secretaria de Estado da Saúde realizou, na manhã desta quinta-feira (5), no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba (Cefor-RH), uma reunião com os 29 municípios prioritários para as Infecções Sexualmente Transmissíveis – HIV/Aids e Hepatites Virais. A reunião, que acontece anualmente, teve como objetivo debater sobre a questão do acompanhamento e monitoramento das ISTs/Aids e Hepatites Virais, como também sobre a coinfecção Tuberculose-HIV. Além de representantes da SES-PB e da Atenção Básica dos municípios prioritários, participaram da atividade Isadora Almeida, representante do “Saúde nos Presídios” e Valdomiro Granjeiro, do Fórum ONG/Aids.

Durante toda manhã foram abordados vários temas relacionados às ISTs, como Avanços e Desafios do HIV/Aids na Paraíba; Implementação da penicilina na Atenção Básica e Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas das ISTs; Insumos de diagnóstico e prevenção; Hepatites Virais – Avanços e desafios na Paraíba; IST/HIV/Aids e os presídios da Paraíba; Ações prioritárias para o controle da coinfecção Tuberculose-HIV; Profilaxia Pós-Exposição (Pep) e Profilaxia Pré-Exposição (Prep) na Paraíba e o direito ao tratamento integral das pessoas vivendo com HIV/Aids.

A gerente estadual de IST/Aids e Hepatites Virais, Ivoneide Lucena, lembrou que os 29 municípios prioritários recebem recursos mensalmente do Ministério da Saúde e que o maior objetivo do Governo do Estado é fortalecer as ações de diagnóstico precoce, prevenção e tratamento. “Queremos, principalmente, que estes municípios construam e coloquem em seus Planos Municipais de Saúde ações voltadas ao diagnóstico precoce das ISTs, do HIV e das Hepatites B e C. A série histórica nos mostra que a população jovem, entre 15 a 39 anos, vem adquirindo HIV. Isso significa que precisamos focar em ações voltadas para esse público, como a entrega de preservativos, testagem de HIV, Sífilis e Hepatites, além de atuar com pessoas com Tuberculose, pois só em 2017 na Paraíba a coinfecção tuberculose-HIV levou 138 pessoas a óbito”, explicou.

Ivoneide disse também que o papel do Governo do Estado é qualificar, informar, monitorar e ser parceiro desses municípios, pois é nos serviços de territórios da Atenção Primária que se faz possível barrar as ISTs. Ela lembrou também a importância desta atuação dentro de presídios. “É de extrema importância que possamos ampliar essa discussão até os presídios, territórios nos quais podemos encontrar tanto a tuberculose, quanto a sífilis e o HIV. Devo lembrar que, acima de tudo, é a gestão municipal que deve fazer esse olhar para aquelas doenças. São 35 anos do HIV e no Brasil e ele ainda mata muito. Além do HIV, a sífilis e as hepatites são doenças que podem ser prevenidas, e enquanto gestão precisamos ter esse olhar, para que junto aos municípios possamos evitar novos casos e tratar adequadamente os que já existem”, concluiu.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212