Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Segunda edição do projeto PC na Escola atende alunos do bairro Calafate - Jornal Brasil em Folhas
Segunda edição do projeto PC na Escola atende alunos do bairro Calafate


Entender como funciona a Polícia Civil (PC), sua forma de trabalho e atuação perante a sociedade, é o que propõe o projeto PC na Escola, que aproxima da instituição crianças entre 8 e 12 anos de idade da rede pública de ensino.

Nesta sexta-feira, 6, cerca de 20 alunos da Escola Edilson Façanha, do bairro Calafate, que participam da segunda edição do projeto, tiveram um dia de atividades no Parque de Exposições Wildy Viana, onde puderam compreender de forma lúdica as atividades policiais.

De acordo com o agente de polícia e coordenador do PC na Escola, Marcos Pina, as ações consistiram em simular o passo a passo de uma investigação policial. “O cursinho é ministrado em cinco dias. Nele, as crianças conhecem a função da PC, como é o treinamento de um policial, visitam a delegacia de polícia na área da escola em que estudam e também o Departamento de Polícia Técnico-Cientifica”, explicou.

Pina diz ainda que os alunos recebem palestras sobre bullying e exploração sexual infantil, pois muitos sofrem esses tipos de violência mas não sabem identificar. A ideia é levar o papel institucional da Polícia Civil e orientá-los nas boas práticas em suas casas, escolas e no ambiente em que frequentam.

O coordenador comenta que no momento em que vivemos, em que organizações criminosas atraem esses jovens para o mundo do crime, é papel da sociedade e dos policiais atuarem de forma preventiva. “Estamos disciplinando nossos jovens com ética e doutrinas, para que no futuro eles se tornem cidadãos de bem”, declara.

O estudante Luiz Amorim, de 11 anos, não sabia qual era a função do policial civil. “Eu achava que o policial civil fazia a mesma função do militar, mas no curso aprendi que esses profissionais fazem investigações criminais, ação que achei bem legal e por isso vou estudar para me tornar um policial civil”, disse.
Determinação

Aproximadamente 25 agentes de Polícia Civil trabalham no contraturno, ou seja, nas horas vagas eles auxiliam na aplicação do projeto indo às escolas ministrando palestras e participando das atividades.

A ação é idealizada por Marcos Pina e conta com incentivo do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Polícia Civil. Em dezembro do ano passado, 18 crianças da Escola Frei André Maria Ficarelli, na Cidade do Povo, receberam o curso.

Esse é o segundo módulo. No encerramento de cada um deles, os alunos recebem certificado, medalhas e um troféu que simboliza um ganho de aprendizagem e doutrina das forças de segurança ao desenvolverem tais ações sociais.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212