Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Governador Fernando Pimentel assina despacho para criação do novo Centro Global de Inovação e Logística - Jornal Brasil em Folhas
Governador Fernando Pimentel assina despacho para criação do novo Centro Global de Inovação e Logística


O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, assinou nesta quinta-feira (5/4), no Palácio da Liberdade, despacho definindo como prioridade o investimento de R$ 13 milhões para apoiar a implantação do Centro Global de Inovação e Logística, no município de Contagem, Território Metropolitano.

O espaço será criado por meio de parceria entre o governo estadual e a Hyperloop Transportation Technologies (HyperloopTT), empresa de transportes e tecnologia focada no sistema de mobilidade. A ação inédita coloca Minas Gerais no centro das estratégias globais da empresa para pesquisas e desenvolvimento na área de transporte. Esta é mais uma medida adotada pelo Estado na busca pela liderança do desenvolvimento do setor de tecnologia no país.

As operações em Contagem devem ter início ainda neste ano, e o foco é buscar soluções para os maiores desafios em logística para a indústria no Brasil e no mundo, especialmente para a divisão de transporte de mercadorias.

Fernando Pimentel afirmou que a escolha de Minas Gerais para abrigar o Centro Global de Inovação e Logística tem um significado especial e demonstra o êxito do modelo de gestão desenvolvido no Estado.

“Isso nos estimula e significa que estamos no caminho correto do modelo de desenvolvimento econômico que adotamos em Minas Gerais. É, de fato, um modelo de sucesso e um modelo do futuro. Investir na criação desse ecossistema de inovação e tecnologia já fez de Belo Horizonte, e da região metropolitana, uma das regiões mais criativas do mundo inteiro”, destacou.

Segundo o governador, Minas Gerais fornece todo o apoio necessário para a implantação da chamada indústria criativa em seu território. “Esse laboratório ficará sediado em Contagem, mas outras cidades também se beneficiam desse tipo de investimento. Fico extremamente orgulhoso e satisfeito de ver o progresso que fazemos. Apesar das notícias não animadoras que nos chegam de Brasília, olhamos para cá e ficamos estimulados. Minas Gerais está no caminho certo”, completou.

O presidente da HyperloopTT, Bibop Gresta, que também participou da cerimônia, pontuou que 140 países foram avaliados para a instalação do centro e que o Brasil foi o escolhido. “Fiquei surpreso por encontrar em Minas Gerais todos os requisitos necessários para o nosso projeto. Esse é o começo da construção dele e precisamos da ajuda de vocês, com empresários e talentos locais. É uma oportunidade para as pessoas participarem de um programa que vai transformar o transporte no mundo”, salientou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa, explicou que o governo do Estado tem criado condições para atrair a chegada de empresas de tecnologia com destaque mundial.

“Este é um projeto de pesquisa e desenvolvimento que as empresas de alto impacto escolhem para desenvolver suas ideias, teses e testar seus protótipos e exportar tecnologia. Aquele discurso que nós usamos muitos anos de que Minas Gerais exporta apenas commodities fica para trás. O produto que as pessoas e as empresas do mundo, como a HyperloopTT, vêm buscar aqui é conhecimento. Este é um projeto que envolve as nossas universidades, setores estratégicos do Estado e do país em mobilidade e transporte. O papel do Estado é atuar para que haja portas abertas o tempo inteiro para essas startups, para as pequenas empresas que exploram essa diversidade. Estamos virando um centro de produção de conhecimento no mundo, não há dúvidas”, afirmou.

A criação do centro é apoiada pelo Governo de Minas Gerais por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

O acordo foi feito por meio de uma parceria público-privada (PPP) com um investimento de aproximadamente R$ 26 milhões em sua primeira fase, que inclui contribuições da Sedectes, da HyperloopTT e de investidores privados. Além disso, um espaço físico de 22 mil metros quadrados foi fornecido pelo município de Contagem.

Também participaram da cerimônia o presidente da Fapemig, Evaldo Vilela e a consultora da HyperloopTT e primeira astronauta negra da NASA, Yvonne Cagle, além de representantes da empresa e lideranças do setor de tecnologia.

Ações

O Governo de Minas Gerais definiu como prioridade, desde 2015, estimular e apoiar ações no setor de tecnologia e inovação, se propondo a ser referência em todo o país no que diz respeito a políticas públicas inovadoras. Dentre as ações, figura o programa + Oportunidade, que expande para todo o Estado o ambiente de inovação já existente na capital mineira, proporcionando novos espaços de fomento ao empreendedorismo e incentivando a geração de novas empresas. Com ele, o Estado unifica seis programas que têm como foco a inovação, o empreendedorismo, a criatividade, a formação de startups e a qualificação profissional. São eles: Meu Primeiro Negócio, Startup Universitário, Seed, Uaitec, Inova Pro e Minas Inova.

Uma das medidas mais inovadoras é o Seed, único programa governamental de aceleração de startups do país. Cada rodada tem duração de seis meses e acolhe 40 startups de todo o mundo. Os empreendedores têm a oportunidade de se conectar ao ecossistema global, além de receber mentorias personalizadas, formação empreendedora, consultorias e participar de workshops e palestras. Nas últimas quatro rodadas, 152 startups foram aceleradas. O projeto recebeu 5.408 inscrições. Foram gerados 300 empregos diretos e captados R$ 22 milhões em investimentos.

Já o Hub Minas Digital desenvolve ações para integração dos agentes que atuam nesse meio, visando o amadurecimento das startups e a qualificação da inovação nas empresas mineiras. Dessa forma, se torna um ambiente de referência no acolhimento de negócios digitais e tradicionais, além de promover o aprimoramento de produtos ou serviços inovadores de Minas Gerais.

Outra ação foi a criação do programa Meu Primeiro Emprego, que promove a cultura empreendedora entre alunos do ensino médio de escolas estaduais. Até o momento, 2.020 alunos já finalizaram projetos, em 116 escolas selecionadas.

O Minas Digital, criado para atuar como articulador do dinâmico ecossistema de inovação, tem o objetivo de gerar crescimento econômico por meio da tecnologia, do empreendedorismo e da economia digital e criativa. As políticas estabelecidas desde sua criação já permitiram a implantação de projetos importantes, a formação de novos talentos e o crescimento de novos negócios.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212