Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Territórios do Centro Maranhense e Médio Mearim indicam propostas para Orçamento Participativo 2018 - Jornal Brasil em Folhas
Territórios do Centro Maranhense e Médio Mearim indicam propostas para Orçamento Participativo 2018


A primeira rodada das Escutas Territoriais que compõem o Orçamento Participativo (OP) 2018 foi encerrada, na tarde desta sexta-feira (6), nos municípios de Grajaú (Centro Maranhense) e Pedreiras (Médio Mearim). A atividade promovida pelo Governo do Maranhão, por meio das Secretarias de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e Planejamento e Orçamento (Seplan), reuniu centenas de pessoas que indicaram as prioridades de investimento do Estado nos Territórios Médio Mearim e Centro Maranhense.

As propostas definidas serão encaminhadas para votação popular e incluídas posteriormente no Planejamento e Orçamentário do Estado e na Lei de Diretrizes Orçamentárias 2019. As plenárias desta sexta foram realizadas na Câmara Municipal de Vereadores de ambos os municípios.

Em Grajaú fizeram parte da mesa, o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Francisco Oliveira Jr; o subsecretário do Planejamento e Orçamento, Marcello Duailibe; o supervisor do Orçamento Participativo, José Almeida Filho; o superintendente de Articulação Política da região, Padre Jorge; o representante do Conselho Estadual da Política de Igualdade Étnico Racial (Ceirma), Abiézer Guajajara, e o presidente da Câmara Municipal, Arthur Carvalho Neto.

Os participantes do Território Centro Maranhense indicaram as seguintes propostas nas áreas de assistência social, esporte, lazer e meio ambiente: Proposta 1 – Construção do Cras e Creas, regionalizado específico para quilombolas e indígenas. Proposta 2 – Construção de centros poliesportivos, academias ao ar livre e estádios nos municípios da regional. Proposta 3 – Construção de uma unidade da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) na região, para melhorar a fiscalização de crimes ambientais, com atenção especial as áreas indígenas e a preservação das margens dos rios da região.

Durante as Escutas Territoriais, a população e representantes do Governo dialogam sobre as necessidades de cada região. (Foto: Divulgação)

Em Pedreiras participaram da composição de mesa solene o secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves; o secretário de Estado de Programas Especiais, Pierre Januário; o presidente da Junta Comercial do Estado, Sérgio Sombra; a presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural, Loroana Santana; o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Júlio Mendonça; e o superintendente de Programas da Seplan, Domingos Carneiro.

No Território Médio Mearim, as três propostas indicadas pela população foram nas áreas de educação e assistência social. Proposta 1 – Melhoria de infraestrutura física das escolas contemplando mobília, equipamentos, climatização, construção de quadras e auditórios. Proposta 2 – Construção de Centro de Referência Assistencial da Mulher. Proposta 3 – Construção e aparelhamento de uma casa de passagem regional para acolhimento institucional específico para idosos.

Para o secretário da Sedihpop, Francisco Gonçalves, as Escutas Territoriais são, além de tudo, um processo pedagógico. “Através das escutas territoriais a população participa da escolha das ações de governo que ela considera prioritária para sua região. E essa decisão de escolher o mais importante tem, além de tudo, um efeito pedagógico, porque a população participa de uma ação de governo e se apropria desse importante instrumento que é o orçamento público. Quanto maior a participação, mais importante as decisões tomadas a favor da sua região”, afirma o secretário.

Participando pela primeira vez da Escuta, o estudante do ensino médio do município de Grajaú, Pedro Lucas Costa Rocha, de 17 anos, elogiou bastante a ação do Governo, uma vez que, segundo ele, as propostas e as explicações foram bem interessantes.

“Com a realização dessas Escutas, podemos ver que temos contato mais direto com o Governo do Estado, e que eles podem sim, estar ouvindo e atendendo as nossas demandas. Hoje a população aqui está feliz, justamente por esse contato direto, pois hoje podemos conhecer as propostas, debater e, inclusive, enviar para que o Governo avalie e saiba que nós existimos. Esse contato é bastante necessário, pois é por intermédio dessas Escutas que é feita a conciliação do Governo com o povo, e assim o progresso poderá vir para todos”, enfatizou o estudante.

Para o subsecretário Marcello Duailibe, o momento é de oportunidade para o cumprimento à democracia, por meio das Escutas Territoriais. “Esse momento se traduz na oportunidade de exercermos a democracia através da consulta popular na região Centro Maranhense. O Governo do Estado está saindo dos seus gabinetes para elaborar a proposta da LDO [Lei de Diretrizes Orçamentárias] e da Lei Orçamentária Anual. Esse movimento é o que há de mais moderno no tocante às boas práticas da administração pública: construir em conjunto com a sociedade as prioridades da região”, afirmou.

Edições anteriores

Nas escutas territoriais dos anos de 2015 à 2017, o Território Centro Maranhense elegeu como prioridade investimentos nas áreas de saúde, educação superior e infraestrutura, que está garantindo a conclusão de obras de grande importância para esses municípios, como a construção do Núcleo de Educação Integral Professor Raimundo José Pereira da Silva, em Barra do Corda.

Foram entregues ainda, a reforma e ampliação do Centro Educacional Nicolau Dino e o Centro Educacional Urbano Santos, em Grajaú. Foi entregue também a reforma do Centro Educacional Professor Galeno Edgar Brantes – Anexo III, no município de Jenipapo dos Vieira. Em Itaipava do Grajaú, mais de 300 alunos foram beneficiados com a ampliação, modernização e emancipação do Centro Educacional Gregório Alves Torres, que sempre foi um sonho para a população. Além disso, está prevista a construção de um novo Hospital em Barra do Corda e até o fim do ano, a inauguração de três novas escolas indígenas no município de Jenipapo dos Vieiras.

Nas edições anteriores, o Território Médio Mearim indicou como prioridade investimentos nas áreas de saúde e educação, que estão garantindo a conclusão de obras como a do Hospital Macrorregional de Pedreiras. Estão em execução, ainda, a construção do novo Hospital Macrorregional de Média e Alta Complexidade do município de Lago da Pedra, com 50 leitos, que prevê a inclusão de equipamentos como UTI Neonatal, mamógrafos, tomógrafos, eletro encefalogramas e hemocentro. As obras estão em ritmo acelerado e as construtoras já sinalizaram a conclusão de 80% do projeto. Além disso, já está prevista a construção de um novo Centro de Estudos Superiores em Pedreiras e a reestruturação e diversificação de cursos de graduação, além da implantação de Programas de Pós-Graduação no campus da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), no município.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212