Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Corpo de Bombeiros dá orientações para prevenção de acidentes no período chuvoso - Jornal Brasil em Folhas
Corpo de Bombeiros dá orientações para prevenção de acidentes no período chuvoso


As atenções devem ser redobradas com a intensificação do período chuvoso, principalmente nas regiões ribeirinhas e em áreas de riscos de acidentes. Para evitar o crescimento no número de ocorrências de inundações, desabamentos, desmoronamento, choques elétricos e quedas de árvores, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão (CBMM) dá uma série de orientações sobre formas de prevenção na estação chuvosa.

O capitão do Corpo de Bombeiros, José Lisboa, destaca que algumas ações podem ser realizadas antes do início do período chuvoso para evitar acidentes. Dentre as medidas, o militar reitera que é preciso fazer a limpeza e desobstrução de calhas; manter limpos os ralos, esgotos, galerias, bueiros e valas; retirar entulhos dos quintais, becos e ruas; providenciar a poda ou corte de árvores com risco de queda; reforçar muros e paredes que estejam com as estruturas ameaçadas.

Em último caso, não conseguindo realizar nenhuma das ações preventivas elencadas, o bombeiro dá dicas de como se portar em situação de risco. Segundo o capitão, no caso de chuva intensa, no meio de enxurrada ou de risco de desabamento de residência ou de desmoronamento de áreas, como as de morros, os moradores precisam agir de forma rápida e com auxílio de profissionais do Corpo de Bombeiros, por meio do telefone 193, ou com ajuda de terceiros.

“Já se encontrando dentro de uma enxurrada, ou em uma das situações de maior gravidade, como desabamento de casas que apresentam infiltração ou rachaduras, deve se abandonar a área e ligar para o Corpo de Bombeiros. No caso de enxurrada, a pessoa nunca deve se arriscar sozinha, pois podem existir riscos de serem levadas ou de cair em áreas que não conheçam. O ideal é procurar ajuda de alguém, sempre!”, orienta.

Outro aviso da corporação é que as pessoas evitem transitar ou se abrigarem próximo à árvores, placa de sinalização, poste, ou em áreas da construção civil. “Esses locais devem ser evitados sempre, pois os riscos de descargas elétricas e a forte ventania, que geralmente acompanham as fortes chuvas, podem ocasionar grandes acidentes, ceifando vidas”, destaca.

Mais uma recomendação é em relação à proteção e preservação dos eletrônicos nas residências. “Percebe-se que uns dos tipos mais comuns de problemas decorrentes da queda de raios estão justamente ligados ao uso de eletrônicos, devido às descargas elétricas que atingem eletrônicos conectados à tomada”, complementa Lisboa. Ele explica ainda que a rede elétrica atingida por um raio pode expandir a tensão da fiação, aumentando a sobrecarga no sistema de energia, alcançando os aparelhos ligados. “Por isso é importante desconectar todos os aparelhos das tomadas”, frisa.

Atenção nas estradas

Uma outra preocupação no período chuvoso é em relação às estradas, então, o capitão Lisboa insere mais um alerta na lista de cuidados, solicitando a atenção redobrada dos motoristas. “Existindo um menor sinal de alagamento, orientamos que os condutores procurem rotas alternativas, evitando a direção perigosa, devido a situação instável do automóvel que pode acabar deixando condutores e passageiros ilhados ou em situação de vulnerabilidade”, reitera.

Para finalizar, o capitão diz que apesar das dicas de remediação de possíveis problemas na estação chuvosa, as medidas essenciais são as preventivas. “A gente relembra que toda ação deve ser iniciada antes do período chuvoso, e é o que o Corpo de Bombeiros, em parceria com outros órgãos, realiza durante todo o ano para enfrentar o período de chuva”, diz capitão Lisboa.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212