Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jun de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Escritórios Regionais de Saúde no protagonismo das políticas públicas em Mato Grosso - Jornal Brasil em Folhas
Escritórios Regionais de Saúde no protagonismo das políticas públicas em Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Saúde promove a regionalização do SUS por meio da atuação dos 16 Escritórios Regionais de Saúde, instalados nos seguintes municípios: Baixada Cuiabana, Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Colíder, Diamantino, Juara, Juína, Peixoto de Azevedo, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop e Tangará da Serra.

A missão dos diretores dos Escritórios Regionais de Saúde, além de representar a SES nas regiões, é fomentar as politicas de saúde junto aos 141 municípios do Estado, auxiliando-os na execução das ações e serviços de saúde voltados para o atendimento às necessidades da população na rede municipal de saúde (PSF, Policlínicas, UPAS, Hospitais municipais e Prontos-socorros).

A direção dos ERS atua em parceria com os Hospitais Regionais e Hospitais administrados por Consórcios Regionais de Saúde, monitorando e acompanhando a de prestação de serviços, assim como em hospitais particulares e filantrópicos contratados pelos municípios.

Segundo informou Eneida Vandoni Pereira, superintendente de Gestão Regional, os Escritórios funcionam com um quadro próprio do Estado, e também com servidores cedidos por Prefeituras e pelo Ministério da Saúde, e que atuam em diferentes especialidades, sendo composto, por exemplo, de médico regulador (profissional que autoriza a regulação do paciente no Sistema Único de Saúde); técnico em Vigilância em Saúde e enfermeiro.

Durante a reunião de condução em Cuiabá, os representantes dos ERS apresentaram ações realizadas em parceria com os municípios de cada regional e que contaram também com o apoio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador; debateram o papel dos ERS, programações para 2018 sobre educação permanente em saúde; maior autonomia orçamentária; investimentos em estrutura e logística; maior integração com a comunicação social; integração do planejamento e gestão regional entre nível central e regional; necessidade de concurso; cuidados com a saúde dos trabalhadores dos ERS; campo de estágio nos hospitais regionais e integração Intersetorial nos municípios e com os consórcios regionais de saúde.

As secretarias municipais de saúde recebem dos profissionais que trabalham nos Escritórios Regionais de Saúde visitas técnicas, treinamentos, palestras e o acompanhamento na implantação de serviços na rede pública de saúde, com o objetivo de melhorar cada vez mais o atendimento do fluxo por parte das unidades de saúde. Todos os anos, os representantes dos ERS se reúnem com prefeitos e sociedade em geral para definir ações inovadoras para ampliação de serviços ao usuário do SUS, além de fomentar a instalação de novos serviços como, por exemplo, a criação de Câmara técnica de Vigilância do Óbito municipal.

Expansão do Telessaúde

A expansão do serviço de Telessaúde também vem sendo promovida com o apoio dos Escritórios Regionais de Saúde, beneficiando pacientes, profissionais e a rede municipal e estadual de Saúde na medida em que realiza o serviço de orientação de médicos especialistas por meio da internet (via online) para médicos e enfermeiros da rede pública de saúde contribuindo para o diagnóstico correto e de maneira mais rápida, e dessa forma evitando a transferência de pacientes para outros municípios ou para a Capital, sem custo algum para os municípios.

Os Escritórios Regionais de Saúde colaboram para promoção das reuniões das Comissões Intergestoras Regionais (CIRs) debatendo com os secretários municipais de Saúde o planejamento e a operacionalização das redes de saúde.

“A presença dos Escritórios Regionais de Saúde no interior de Mato Grosso tem sido muito importante para o processo de regionalização que está contemplado nos instrumentos gestão Estado. Os ERS aproximam a gestão central da SES/MT e do próprio governo das reais necessidades dos usuários do SUS que estão nos municípios”, destacou a secretária Executiva de Saúde, Fátima Ticianel, durante a reunião de condução com os diretores e técnicos dos Escritórios.

“A orientação do secretário de Estado de Saúde é que o Escritório Regional de Saúde, dentro de seu território de abrangência, intensifique as ações conjuntas com os setores públicos municipais e federais para ampliar e melhorar a oferta de serviços do SUS para a população que está distante da capital”, explicou a superintendente de Gestão Regional, Eneida Vandoni Pereira.

Durante a reunião de condução os técnicos dos 16 Escritórios Regionais de Saúde apresentaram um resumo de suas atividades ao longo de 2017, sendo a maior parte delas executada em parceria com entidades civis e voltadas prioritariamente para a prevenção e educação em saúde.

 

Últimas Notícias

Desaprovação a Bolsonaro sobe a 64%. Pior situação é a de Alckmin
PT lança pré-candidatura de Kátia Maria ao Governo de Goiás
Copa chega ao 10º dia com jogo da Alemanha; acompanhe
Trump ameaça sobretaxar carros europeus em 20%
Inadimplência em condomínios abre espaço para venda das dívidas
Dólar sobe mesmo com atuação do BC; Bovespa fecha em alta
Tesouro Direto registra décimo mês seguido de saques
BC anuncia mais injeção de dólares no mercado de câmbio

MAIS NOTICIAS

 

Copa chega ao 10º dia com jogo da Alemanha; acompanhe
 
 
Trump ameaça sobretaxar carros europeus em 20%
 
 
Inadimplência em condomínios abre espaço para venda das dívidas
 
 
Tesouro Direto registra décimo mês seguido de saques
 
 
BC anuncia mais injeção de dólares no mercado de câmbio
 
 
Cade aprova venda de 80% do Walmart Brasil para fundo americano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212