Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Produção industrial chinesa desacelera em janeiro e fevereiro - Jornal Brasil em Folhas
Produção industrial chinesa desacelera em janeiro e fevereiro


A produção industrial chinesa cresceu em janeiro e fevereiro no ritmo mais fraco em mais de sete anos, acusando o excesso de capacidade e uma demanda fraca, segundo dados oficiais divulgados neste sábado.

A produção industrial da segunda maior economia do mundo aumentou 5,4% interanual acumulado nos meses de janeiro e fevereiro, menos do que em dezembro (5,9%), segundo o Departamento Nacional de Estatísticas.

Este é o ritmo de progressão mais fraco desde novembro de 2008 e o início da crise financeira mundial. Analistas consultados pela agência Bloomberg esperavam um aumento médio de 5,6%.

A demanda internacional não para de diminuir, como mostrou a queda de 25% nas exportações chinesas no mês passado. Já a demanda interna segue minada pelo estancamento dos investimentos em habitação e as seguidas contrações da atividade manufatureira.

A consequência deste quadro é o agravamento incessante do excesso de capacidade produtiva da indústria chinesa, do cimento ao aço, passando pelo carvão.

As vendas no varejo, termômetro do gasto nos lares chineses, também desacelerou nos dois primeiros meses do ano. O aumento foi de 10,2% interanual, o nível mais baixo em 10 meses, indicou o departamento.

As vendas no varejo, no entanto, se mantêm em um nível robusto, o que mostra que os esforços do governo para centralizar a economia no consumo interno estão dando resultado.

O objetivo estratégico de Pequim é estimular o consumo interno, os serviços, as novas tecnologias e as exportações de alto valor agregado, em detrimento da indústria pesada e das exportações, tradicionais motores do crescimento chinês, hoje com sinais de esgotamento.

Os investimentos em capital fixo, que incluem os gastos em infraestrutura, subiram 10,2% interanual nos dois primeiros meses do ano, segundo os dados divulgados hoje. Uma aceleração significativa, após um aumento de 10% no conjunto de 2015.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212