Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Aug de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Descoberto na China novo coronavírus que provém de morcegos - Jornal Brasil em Folhas
Descoberto na China novo coronavírus que provém de morcegos


Um novo coronavírus, que provém dos morcegos e causou a morte de quase 25 mil porcos na China entre 2016 e 2017, apareceu na região onde ocorreu o surto de pneumonia atípica SARS em 2003, indicaram pesquisadores.

A descoberta de novas infecções nos animais representa um alto risco de infecção nos humanos que estão em contato próximo com eles, explicou Zhengli Shi, pesquisadora do Instituto de Virologia de Wuhan, coautora do estudo publicado nesta quarta-feira (4) na revista Nature.

Isso permite tomar medidas de prevenção em uma etapa precoce, ressaltou a pesquisadora.

Os pesquisadores realizaram exames em 35 trabalhadores agrícolas que estiveram em contato com esses porcos doentes. Nenhum deu positivo ao novo vírus, o coronavírus da Síndrome de Diarreia Aguda Suína (SADS-CoV), constatado em quatro criadouros suínos da província chinesa de Guangdong, ao sul do país.

Atualmente, seis coronavírus são conhecidos por provocar doenças nos humanos.

Entretanto, até agora somente dois deles provocaram epidemias de doenças fatais nos seres humanos, o da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS) e da Síndrome Respiratória Coronavírus do Oriente Médio (MERS CoV), detalhou o Instituto Nacional americano de Alergias e Doenças Infecciosas, que financiou esta pesquisa.

A epidemia da SARS, que começou na China no fim de 2002, apareceu em várias parte do mundo em 2003 e deixou cerca de 800 mortos. O reservatório desse vírus também era um morcego insetívoro.

A identificação de novos vírus nos animais e a rápida determinação de seu potencial de infectar as pessoas é um meio-chave para reduzir as ameaças para a saúde mundial, indicaram os pesquisadores.

O vírus encontrado no intestino delgado dos porcos doentes tem uma sequência genética similar à de um coronavírus de morcego descoberto em 2007. O estudo permitiu encontrá-lo em 71 dos 596 exemplares (11,9%) de morcegos coletados entre 2013 e 2016 na província de Guangdong.

Esse trabalho contou com a colaboração de cientistas da EcoHealth Alliance, da Escola de Medicina Duke-NUS em Singapura, do Instituto de Virologia de Wuhan e outras organizações chinesas.

 

Últimas Notícias

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep
Estimativa do mercado financeiro para inflação sobe para 4,15%
Maduro diz que aceita colaboração do FBI, mas impõe condições
Disputa entre EUA e Turquia afeta as bolsas asiáticas
Secretário dos EUA discute com brasileiros defesa na América do Sul
Programa Um Olhar sobre o Mundo entrevista o fotógrafo Paulo Vitale
Após explosão em Ipatinga, sindicato quer mais segurança
Morre em São Paulo Cláudio Weber Abramo

MAIS NOTICIAS

 

Convenção do PSDB lança candidaturas de José Eliton, Marconi e Lúcia Vânia
 
 
ANP faz tomada pública sobre preço de etanol nas usinas
 
 
China e União Europeia se unem para apoiar comércio multilateral
 
 
Gabinete de intervenção vai comprar munição para polícia do Rio
 
 
PSDB confirma Alckmin como candidato a presidente da República
 
 
Álvaro Dias é oficializado candidato à Presidência pelo Podemos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212