Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Montadoras alemãs seriam as mais afetadas por tarifas da China, diz estudo - Jornal Brasil em Folhas
Montadoras alemãs seriam as mais afetadas por tarifas da China, diz estudo


Fabricantes alemãs com grandes operações nos Estados Unidos, como BMW e a Daimler, montadora da Mercedes-Benz, seriam mais afetadas pelas tarifas comerciais propostas pela China que as companhias americanas, de acordo com um estudo da empresa de gestão de ativos AllianceBernstein (AB).

As alemãs devem perder mais, em termos absolutos, se as tarifas forem aplicadas, explica o relatório.

A empresa de informações empresariais IHS estimou que a BMW exportará 89 mil veículos dos Estados Unidos para a China neste ano, enquanto a Mercedes enviaria 65 mil unidades. Isso torna as duas as maiores exportadoras dos Estados Unidos para a China.

Cerca de 280 mil carros fabricados nos Estados Unidos foram importados pela China no ano passado - atrás do maior importador, Japão, e à frente da Alemanha.

Mas, excluindo a pioneira dos carros elétricos Tesla, as outras fabricantes baseadas nos Estados Unidos devem exportar menos de 10 mil carro para a China no ano, reduzindo o impacto.

A maior parte dos veículos que BMW e Mercedes enviam à China são os caros SUVs, que poderiam aumentar o preço em até 20%, se Pequim implementar sua ameaça de aumento das tarifas, de acordo com a AB.

Se os dois lados não desistirem das novas tarifas, isso poderia levar os fabricantes alemães a produzirem carros para a China diretamente do país asiático, em vez de enviá-los dos Estados Unidos, sugeriu a AB.

No entanto, provavelmente é cedo demais para começar a falar sobre mudanças estratégicas das empresas em resposta à disputa comercial, acrescentaram os analistas.

 

Últimas Notícias

John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212