Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Detido no Vaticano padre suspeito de consultar pornografia infantil - Jornal Brasil em Folhas
Detido no Vaticano padre suspeito de consultar pornografia infantil


O Vaticano anunciou neste sábado (7) a detenção, em seu território, do monsenhor Carlo Alberto Capella, que atuou como assessor da embaixada da Santa Sé em Washington, suspeito de ter consultado imagens de pornografia infantil.

O religioso, que até o ano passado trabalhou na nunciatura (embaixada) da capital americana, foi convocado em setembro passado pelo Vaticano, que anunciou uma investigação sobre o caso.

As autoridades judiciais vaticanas emitiram uma ordem de prisão, realizada pela própria Gendarmeria do pequeno Estado, informou o comunicado oficial, acrescentando que Capella foi levado para uma cela do quartel dessa corporação.

Por via diplomática, o Departamento de Estado americano alertou o Vaticano, em 21 de agosto, sobre uma possível violação das leis sobre imagens de pornografia infantil por parte de um membro de seu corpo diplomático em Washington.

A Santa Sé convocou o religioso para consultas, mas sem atender à demanda americana de suspensão da imunidade diplomática, indicou uma fonte do Departamento de Estado.

Os Estados Unidos estimulam a Santa Sé a agir de forma que sua política de proteção dos menores seja aplicada totalmente, e que se faça justiça sobre essas acusações, indicou essa fonte.

As informações fornecidas pelos Estados Unidos foram transmitidas ao procurador do tribunal do Vaticano, que abriu uma investigação e precisou de colaboração internacional para obter elementos sobre o caso.

- Ordem de detenção no Canadá -

No ano passado, o Canadá emitiu um mandado de prisão contra Capella por consulta, posse e distribuição de pornografia infantil.

No final de dezembro de 2016, ele teria baixado material pornográfico infantil do interior de uma igreja, na cidade de Windsor (Ontário).

Em 2013, o papa Francisco aprovou uma nova legislação sobre abusos sexuais sobre menores e pornografia que implica condenações de até 12 anos de prisão.

Se as autoridades vaticanas decidirem processar o monsenhor Capella, será o primeiro julgamento desse processo, após a morte do monsenhor Josef Wesolowski.

Esse núncio polonês acusado de pedofilia estava instalado na República Dominicana, quando foi convocado de forma urgente pelo Vaticano, após informações na imprensa, acusando-o de ter mantido relações sexuais remuneradas com menores.

O Vaticano se recusou a extraditá-lo para a Polônia.

Foi julgado e sentenciado em 2014 pela Congregação para a Doutrina da Fé, que o destituiu de seus hábitos, a pena máxima para um prelado.

O papa Francisco também havia ordenado um julgamento criminal por abuso sexual de menores, uma decisão histórica no Vaticano. O religioso foi detido e mandado para casa. Faleceu aos 67 anos, em agosto de 2015, pouco antes o início do julgamento.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212