Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Apr de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Historiador russo acusado de pornografia infantil é absolvido - Jornal Brasil em Folhas
Historiador russo acusado de pornografia infantil é absolvido


O historiador Yuri Dmitriev, conhecido por suas investigações sobre os desaparecidos do regime stalinista, foi absolvido nesta quinta-feira em um julgamento por pornografia infantil, que seus seguidores denunciaram como uma tentativa de danificar sua reputação.

Estou livre, disse o historiador ao deixar o tribunal.

No entanto, Dmitriev, de 62 anos, foi condenado a dois anos e seis meses de controle judicial por porte ilegal de armas, indicou seu advogado, Viktor Anufriev.

Dmitriev dirige a seção da Memorial, a principal organização de defesa dos direitos humanos da Rússia, em Carélia, uma região russa fronteiriça com a Finlândia.

A promotoria tinha pedido nove anos de prisão para Dmitriev, acusado de registrar imagens pornográficas de sua filha adotiva.

O historiador rejeitou a acusação e explicou que tinha tirado essas fotos com fins médicos para seguir a evolução da menina, muito magra e doente desde seu nascimento.

O advogado Viktor Anufriev confirmou que o historiador foi absolvido destas acusações mas, declarado culpado de posse ilegal de armas. Já cumpriu dois anos e três meses antes do julgamento, de modo que lhe restam três meses pendentes.

Para eles era impossível me libertar completamente, assim usaram como pretexto que tinha uma peça de metal que encontrei há 20 anos, disse em sua primeira reação Yuri Dmitriev.

Os partidários de Dmitriev afirmam que se trata de uma tentativa das autoridades de intimidar e silenciar o historiador, cujo trabalho lançou luz sobre páginas obscuras da história da URSS.

A ONG Memorial, que há anos sofre a pressão constante das autoridades, denunciou um esquema para minar o trabalho de memória da organização e do historiador.

Os defensores russos dos direitos humanos pediram ao tribunal uma sentença legítima e justa e o acusaram de várias violações do processo devido.

 

Últimas Notícias

Ampliar saque do PIS/Pasep está dentro de projeção, diz Dyogo Oliveira
Conab é autorizada a vender milho e a comprar arroz
FMI deve elevar projeção de PIB ainda este ano, diz BC
Índice de expansão do comércio cresce 1,6% em São Paulo este mês
Países nórdicos promovem debate sobre igualdade de gênero no Brasil
Juiz intima primo de Macri e ex-ministros de Cristina Kirchner
MPRJ quer impedir nomeação de indicados por Pezão para Agetransp
Seca de 1932 levou à criação de campos de concentração no Ceará

MAIS NOTICIAS

 

Felipe Fraga e Marcos Gomes colocam Cimed Racing no top-10
 
 
Time Correios Brasil é convocado para Sul-Americano 14 anos
 
 
Protestos contra reforma da previdência deixam pelo menos dois mortos na Nicarágua
 
 
Confronto entre palestinos e soldados israelenses deixa dois mortos
 
 
Raúl Castro sai, mas o castrismo permanece com Díaz-Canel em Cuba
 
 
MP abrirá inquérito contra Alckmin por suspeita de caixa dois

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212