Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Historiador russo acusado de pornografia infantil é absolvido - Jornal Brasil em Folhas
Historiador russo acusado de pornografia infantil é absolvido


O historiador Yuri Dmitriev, conhecido por suas investigações sobre os desaparecidos do regime stalinista, foi absolvido nesta quinta-feira em um julgamento por pornografia infantil, que seus seguidores denunciaram como uma tentativa de danificar sua reputação.

Estou livre, disse o historiador ao deixar o tribunal.

No entanto, Dmitriev, de 62 anos, foi condenado a dois anos e seis meses de controle judicial por porte ilegal de armas, indicou seu advogado, Viktor Anufriev.

Dmitriev dirige a seção da Memorial, a principal organização de defesa dos direitos humanos da Rússia, em Carélia, uma região russa fronteiriça com a Finlândia.

A promotoria tinha pedido nove anos de prisão para Dmitriev, acusado de registrar imagens pornográficas de sua filha adotiva.

O historiador rejeitou a acusação e explicou que tinha tirado essas fotos com fins médicos para seguir a evolução da menina, muito magra e doente desde seu nascimento.

O advogado Viktor Anufriev confirmou que o historiador foi absolvido destas acusações mas, declarado culpado de posse ilegal de armas. Já cumpriu dois anos e três meses antes do julgamento, de modo que lhe restam três meses pendentes.

Para eles era impossível me libertar completamente, assim usaram como pretexto que tinha uma peça de metal que encontrei há 20 anos, disse em sua primeira reação Yuri Dmitriev.

Os partidários de Dmitriev afirmam que se trata de uma tentativa das autoridades de intimidar e silenciar o historiador, cujo trabalho lançou luz sobre páginas obscuras da história da URSS.

A ONG Memorial, que há anos sofre a pressão constante das autoridades, denunciou um esquema para minar o trabalho de memória da organização e do historiador.

Os defensores russos dos direitos humanos pediram ao tribunal uma sentença legítima e justa e o acusaram de várias violações do processo devido.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212