Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Historiador russo acusado de pornografia infantil é absolvido - Jornal Brasil em Folhas
Historiador russo acusado de pornografia infantil é absolvido


O historiador Yuri Dmitriev, conhecido por suas investigações sobre os desaparecidos do regime stalinista, foi absolvido nesta quinta-feira em um julgamento por pornografia infantil, que seus seguidores denunciaram como uma tentativa de danificar sua reputação.

Estou livre, disse o historiador ao deixar o tribunal.

No entanto, Dmitriev, de 62 anos, foi condenado a dois anos e seis meses de controle judicial por porte ilegal de armas, indicou seu advogado, Viktor Anufriev.

Dmitriev dirige a seção da Memorial, a principal organização de defesa dos direitos humanos da Rússia, em Carélia, uma região russa fronteiriça com a Finlândia.

A promotoria tinha pedido nove anos de prisão para Dmitriev, acusado de registrar imagens pornográficas de sua filha adotiva.

O historiador rejeitou a acusação e explicou que tinha tirado essas fotos com fins médicos para seguir a evolução da menina, muito magra e doente desde seu nascimento.

O advogado Viktor Anufriev confirmou que o historiador foi absolvido destas acusações mas, declarado culpado de posse ilegal de armas. Já cumpriu dois anos e três meses antes do julgamento, de modo que lhe restam três meses pendentes.

Para eles era impossível me libertar completamente, assim usaram como pretexto que tinha uma peça de metal que encontrei há 20 anos, disse em sua primeira reação Yuri Dmitriev.

Os partidários de Dmitriev afirmam que se trata de uma tentativa das autoridades de intimidar e silenciar o historiador, cujo trabalho lançou luz sobre páginas obscuras da história da URSS.

A ONG Memorial, que há anos sofre a pressão constante das autoridades, denunciou um esquema para minar o trabalho de memória da organização e do historiador.

Os defensores russos dos direitos humanos pediram ao tribunal uma sentença legítima e justa e o acusaram de várias violações do processo devido.

 

Últimas Notícias

Valor corrigido da cota do PIS/Pasep já pode ser conferido
Preço da cesta básica paulistana tem alta de 2,95% em junho
Banco Central divulga ranking de queixas a bancos no segundo trimestre
Embraer anuncia venda de 25 jatos para United Airlines
Presidente da AEB reclama protagonisno do comércio exterior
Exportação de suco de laranja registra alta de 29%, puxada pelos EUA
Médias empresas terão de ingressar no eSocial a partir de hoje
FMI reduz para 1,8% previsão de crescimento para o Brasil em 2018

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212