Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Roubos de veículos caíram 25,1% no DF em março deste ano - Jornal Brasil em Folhas
Roubos de veículos caíram 25,1% no DF em março deste ano


Em março deste ano, os roubos de automóveis diminuíram 25,1% no Distrito Federal. Esse foi um dos destaques positivos na estatística dos diversos tipos de crimes contra o patrimônio nesse mês.
A Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social divulgou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (6) o balanço da pasta para o mês de março.

Balanço divulgado pela Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social nesta sexta-feira (6) revela que houve queda em todas as modalidades de roubos e furtos em relação ao mesmo período de 2017.

Em média, a redução foi de 21,5% nos registros de crimes contra o patrimônio, conforme o levantamento. Em números absolutos, o total em março deste ano foi de 4.526 casos, contra 5.762 no ano anterior.

Os dados foram apresentados pelo titular da pasta, Cristiano Sampaio. A redução no índice de roubos em transportes coletivos foi outro ponto que ele considerou relevante. A queda foi de 36% em relação ao primeiro trimestre de 2017.

36%Queda no índice de roubos em coletivos no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2017

“Como vínhamos de um aumento desses assaltos no passado, unimos esforços de diversos departamentos”, explicou Sampaio. Segundo ele, a Secretária de Mobilidade trabalhou em parceria com as Polícias Civil e Militar para prevenir esses crimes.

O subsecretário de Fiscalização, Auditoria e Controle da pasta de Mobilidade, Felipe Martins, avaliou o resultado como um avanço na política de enfrentamento ao crime. “No acumulado de janeiro a março, a redução de roubos em transportes coletivos foi de mais de um terço.”

Além de assalto a transportes e roubos de veículos, os crimes contra o patrimônio que diminuíram em março foram:

Roubos a pedestres (-24,5%)
Roubos em comércios (-11,9%)
Roubos em residências (-23,7%)
Furtos em veículos (-9,8%)

Índice de homicídios é o mais baixo em 13 anos

Já para os índices de crimes violentos letais intencionais, o destaque ficou com o número de homicídios, que em março caiu de caiu de 49, em 2017, para 40 este ano. É a menor notificação desde 2005, quando foram registrados 31 casos no mês.

Em 2017, o DF fechou o ano com o menor índice de homicídios por 100 mil habitantes dos últimos 29 anos: Foram registrados 16,3 crimes contra a vida por grupo de 100 mil moradores do território.
Registro de estupro também apresentou redução

A apresentação da secretaria também revelou redução no número de estupros. Em relação a março de 2017, a queda foi de 26,2% nas ocorrências, que passaram de 65 para 48.

Para a secretária-adjunta de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Joana D’Arc de Mello, a redução ocorreu porque programas de atendimento às vítimas de violência de gênero desestimularam os possíveis agressores.

Conforme o levantamento, houve redução de 31% nos estupros de adultos e de 79% nos praticados contra vulneráveis, nas residências e nos locais de trabalho.

“Os números indicam que muitas vítimas são agredidas por conhecidos. O que nos faz buscar apoio com as secretarias do Trabalho, para assistência social, de Saúde, para intervenções em hospitais, e de Educação, para prevenir, além do policiamento”, esclareceu Sampaio.

Edição: Vannildo Mendes

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212