Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Bruno Covas assume prefeitura de São Paulo e diz que seguirá plano de Doria - Jornal Brasil em Folhas
Bruno Covas assume prefeitura de São Paulo e diz que seguirá plano de Doria


Em seu primeiro pronunciamento como prefeito da capital paulista, Bruno Covas disse hoje (9) que dará continuidade ao plano de governo do antecessor, João Doria, que deixou o cargo sexta-feira (6) para disputar as eleições de outubro. Covas ressaltou que privatizações e concessões continuarão a ser metas da nova administração.

“Aqui na prefeitura tivemos uma mudança de piloto, mas o rumo, a direção, a rota continuam os mesmos. Portanto, perseguiremos tudo aquilo que foi pactuado com a população nas eleições de 2016, e repactuado com seus delegados, com seus representantes, os vereadores de São Paulo, no plano de metas 2017-2020”, disse o novo prefeito.

Além das privatizações, Bruno Covas destacou como prioridades a criação de 85 mil vagas em creches e a elevação da cidade ao topo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) entre as capitais. Ele informou também que retomará as obras paradas dos centros educacionais unificados (CEUs), reformará 28 centros desportivos e prosseguirá com as obras de unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e básicas de saúde (UBS).

Covas destacou ainda que pretende ampliar a rede de wi-fi (sem fio) na cidade e contratar mais equipes de saúde da família.

Diferentemente de Doria, que se apresentava como um gestor, Covas disse que é um político, mas ressalvou que sua administração irá se afastar de disputas eleitorais.

“Nunca escondi de ninguém que sou um político. Aristóteles já dizia que o homem é um ser político. Acredito que as transformações sociais, que tanto desejamos, devem ser travadas na arena da política”, afirmou. “Todos sabem que eu tenho lado, mas esta administração não será contaminada por questões eleitorais e exigirá a mesma contrapartida dos outros entes da Federação”, acrescentou.

O mandato de Bruno Covas terá 33 meses, mais que o dobro dos 15 meses em que Doria esteve à frente da prefeitura.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

IT&E apresenta pesquisa sobre "fake news", bots e desinformação nas Eleições
JK Iguatemi promove eventos de Jazz
20 anos da privatização das telecomunicações: uma visita ao passado para projetar o futuro
Comidas de inverno para pedir pelo delivery e espantar o frio
Definidos os finalistas do G1 do Brasileirão, em Uberlândia
Valor corrigido da cota do PIS/Pasep já pode ser conferido
Preço da cesta básica paulistana tem alta de 2,95% em junho
Banco Central divulga ranking de queixas a bancos no segundo trimestre

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212