Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 FAB confirma veracidade de áudios vazados durante voo de Lula - Jornal Brasil em Folhas
FAB confirma veracidade de áudios vazados durante voo de Lula


A Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou a veracidade de áudios que circulam nas redes sociais envolvendo comunicações aeronáuticas com referências ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A FAB, em nota divulgada no Twitter, esclarece que as duas gravações foram registradas na frequência da Torre Congonhas, em São Paulo, e da Torre Bacacheri, em Curitiba, na noite de sábado (7), quando Lula era transportado para a Superintendência da Polícia Federal na capital paranaense.

Em uma das gravações divulgadas pela imprensa, uma voz masculina, que não se identifica, afirma: Leva e não traz nunca mais e “Manda esse lixo janela abaixo”. Na sequência, uma voz feminina alerta que a frequência é gravada e pede que a pessoa se atenha à comunicação padrão utilizada em voos.

Ainda de acordo com o comunicado, os áudios não foram emitidos por controladores de voo. “Lamentavelmente, nas gravações em questão, as frequências foram utilizadas de modo inadequado por alguns usuários que se valeram do anonimato para contrariar essas regras”, informa a FAB.

“Os dois áudios recentes envolvendo comunicações aeronáuticas e contendo comentários externos são verdadeiros e ocorreram na frequência da Torre Congonhas, em São Paulo (SP), e na da Torre Bacacheri, em Curitiba (PR), ambos na noite de sábado (07/04).

Podemos afirmar que as referências ao ex-presidente não foram emitidas por controladores de voo.

As frequências utilizadas para essas comunicações aeronáuticas são abertas. O objetivo é que todos na sua escuta tenham conhecimento do que está ocorrendo no tráfego aéreo, condição importante para manutenção da segurança operacional.

Quem estiver conectado pode ouvir e falar, seguindo as regras do tráfego aéreo, devendo utilizar a fraseologia padrão e se identificar. Lamentavelmente, nas gravações em questão, as frequências foram utilizadas de modo inadequado por alguns usuários que se valeram do anonimato para contrariar essas regras.”

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212