Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Apr de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 OCDE alerta para desconexão entre cidadãos e instituções na América Latina - Jornal Brasil em Folhas
OCDE alerta para desconexão entre cidadãos e instituções na América Latina


A relação entre cidadãos latino-americanos e suas instituições se deteriorou nos últimos anos, colocando em risco os avanços socioeconômicos recentes, alertaram nesta segunda-feira a OCDE e outros organismos internacionais em um relatório sobre a região.

A falta de confiança se aprofundou desde a crise financeira mundial, de modo que a proporção da população latino-americana que tem pouca ou nenhuma confiança nos governos alcançou níveis próximos a 75% em 2017, aponta o relatório Perspectivas Econômicas da América Latina 2018.

Esta desconfiança é cerca de 20 pontos superior à de 2006, segundo o documento da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos (OCDE), A Comissão Econômica das Nações Unidas para a América Latina e o Caribe (Cepal) e o Banco de Desenvolvimento da América Latina, em cooperação com a Comissão Europeia.

Exceto no sistema judiciário - no qual 34% dos cidadãos da América Latina e do Caribe disseram confiar em 2016 -, os indicadores de confiança nas instituições públicas recuaram no decênio 2006-2016 e ficaram abaixo dos registrados pela OCDE.

Apenas um em cada quatro latinos expressou, em 2016, sua confiança na honestidade das eleições. Apenas 15% achavam que seu governo estava afastado da corrupção e cerca de 29% confiavam no Executivo nacional.

Esta desconexão crescente entre a cidadania e as instituições públicas (...) está colocando em risco os avanços socioeconômicos dos últimos 15 anos da região, alerta o relatório sobre instituições.

A insatisfação é causada pelas maiores aspirações de uma classe média crescente e pelos desafios ainda pendentes, como as grandes desigualdades entre os grupos socioeconômicos da região.

A perda de confiança nas instituições e nos serviços públicos também se reflete em uma disposição menor dos cidadãos para cumprir suas obrigações com o Estado. Em 2015, por exemplo, 52% estavam dispostos a sonegar impostos, se fosse possível (contra 46% em 2011).

Os autores do relatório sugerem aos países da América Latina e do Caribe repensarem suas instituições (...) para responder melhor às necessidades e demandas da sociedade.

Incentivar uma maior integração comercial, fortalecer os sistemas de prestação de contas e aumentar a eficiência dos gastos públicos e a arrecadação de impostos são algumas das recomendações para alcançar uma renda mais elevada e melhores empregos, bem como Estados que prestam bons serviços.

 

Últimas Notícias

Um milhão de indígenas buscam alternativas para sobreviver
Seesp promove encontro de representantes das sedes do Jimi 2018
Agência de Transportes Aquaviários aprova estudos para leilões de terminais no Porto de Cabedelo
Hospital de Trauma de Campina Grande promove Curso de Atualização em Feridas e Curativos
Concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros tem quase 80 mil inscritos
Corpo de Bombeiros inicia Curso de Atendimento à Tentativa de Suicídio
Cuité e Esperança sediam audiências do ODE nesta sexta e sábado
Governo realiza programação do “Abril Verde” com ações preventivas de acidentes de trabalho

MAIS NOTICIAS

 

Mais 2 mil escrituras são entregues no Riacho Fundo II
 
 
Está sancionado projeto que oficializa o modelo como o único de atenção primária no DF
 
 
Buraco do Tatu será bloqueado nas madrugadas de segunda (9) a sábado (14)
 
 
Instituto Hospital de Base vai recorrer da suspensão de processo seletivo de pessoal
 
 
Hospital Veterinário Público inicia atendimentos em Brasília
 
 
Estudantes da rede pública conhecem Embaixada da Sérvia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212