Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Por iniciativa do vereador Cláudio Nascimento, Câmara debate igualdade racial - Jornal Brasil em Folhas
Por iniciativa do vereador Cláudio Nascimento, Câmara debate igualdade racial


Por propositura do vereador Pastor Cláudio Nascimento (PRB), a Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia promoveu, na manhã desta terça-feira, 10, audiência pública com o tema “políticas Públicas de Igualdade Racial em Aparecida, suas conquistas e demandas dos últimos anos”.

Antes de passar a palavra ao propositor, o presidente da Câmara, vereador Vilmar Mariano (MDB), classificou a iniciativa como de extrema sensibilidade às questões raciais e sociais da cidade.

Ao abrir o evento, Cláudio Nascimento explanou sobre a escolha do tema.

“Na minha visão, ao falarmos de conquistas e demandas da igualdade racial em Aparecida, infelizmente, falaremos mais de demandas. Ainda há muito a ser feito”, lamentou o vereador.

O coordenador de Igualdade Racial de Aparecida, João Batista Ribeiro de Oliveira, falou da relevância em se discutir políticas afirmativas.

“Vivemos em um país racista, muito pelo fato da educação não ter alcançado o patamar do respeito. Isso aumenta a importância em se debater políticas públicas de igualdade racial, até porque não se trata apenas do negro, LGBT ou terreiro, mas, sim, de todos. Trata-se do acesso àqueles que estão aquém das políticas públicas”, explicou João, que ainda falou sobre a cenário atual da coordenadoria de Igualdade Racial de Aparecida.

“Um fator que alavancou a questão da igualdade racial em nossa cidade, dando maior visibilidade, foi a transferência da coordenadoria da Secretaria Municipal de Cultura para a de Articulação Política”, afirmou o coordenador.

O presidente nacional do Empreendedorismo Afro-Brasileiro, João Bosco, falou da relação empresarial com as questões sociais.

“Primeiramente, precisamos pensar uma política municipal que trate da necessária relação do empreendedorismo com as questões raciais. Nesse sentido, realizaremos em Aparecida uma feira do empreendedorismo-afro, com intuito de demonstrar nossa capacidade de empreender”, afirmou o presidente.

Por trabalhar diretamente com políticas sociais, o subsecretário da Igualdade Racial do Distrito Federal, Victor Nunes, falou da atuação do poder público na redução da “desvantagem histórica.”

“A política de igualdade racial funciona como um complemento das políticas sociais. Ao longo da história, houve uma perseguição ao negro, de tal forma que, hoje, cabe ao poder público fazer políticas não apenas de reparação social, mas também de inclusão dos oprimidos, com previsão orçamentária que garanta a diversidade. O negro nunca esteve em lugar de protagonismo na história mundial e isso reflete negativamente até hoje. No âmbito profissional, as mulheres negras ganham 45% menos que o homem branco, mesmo as mais qualificadas”, relatou Nunes.

Apesar de criticar o preconceito incrustado na sociedade brasileira, o vereador Manoel Nascimento (DEM) opinou sobre os caminhos para alcançar a igualdade racial.

“Nós vivemos em uma sociedade preconceituosa e intolerante. Entretanto, cabe a cada um de nós combater diariamente isso e, em minha opinião, além de discutir racismos e preconceitos, precisamos discutir direitos. Respeitando os princípios e direitos constitucionais, como a dignidade da pessoa humana, alcançaremos a real igualdade de todos”, pontuou o vereador.

Negro, criado no morro da Mangueira, Cláudio Nascimento encerrou a solenidade falando das dificuldades enfrentadas ao longo de sua vida e cobrou união e luta pelas demandas raciais.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212