Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Apr de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 SUS recebeu mais de R$ 585 milhões da ANS em 2017 - Jornal Brasil em Folhas
SUS recebeu mais de R$ 585 milhões da ANS em 2017


O Sistema Único de Saúde (SUS) recebeu R$ 585,41 milhões da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em 2017, de acordo com a quinta edição do Boletim Informativo da instituição. Segundo a ANS, agência reguladora dos planos de saúde, este é o maior valor já repassado anualmente pelo órgão desde a sua criação, em 2000, e representa um aumento de 85% em comparação ao que foi arrecadado em 2016. O boletim mostra os principais dados sobre o ressarcimento obrigatório feito pelas operadoras de planos ao SUS.

Segundo a ANS, no ano passado, também houve aumento na quantidade de procedimentos cobrados pelo órgão regulador. O valor cobrado das operadoras no ano foi de R$ 737,43 milhões, referente a 532.509 atendimentos de beneficiários na rede pública de saúde.

Pelos cálculos da ANS, desde a sua criação, foram cobrados R$ 3,28 bilhões das operadoras de planos de saúde, valor que se refere a cerca de 2,1 milhões de atendimentos a beneficiários no sistema público de saúde. Do total, R$ 2,06 bilhões, ficaram com o Fundo Nacional de Saúde (FNS), equivalente a 64% do que foi cobrado das operadoras.

Ainda de acordo com a agência, R$ 219,41 milhões estão com a cobrança suspensa por causa de decisões judiciais e R$ 647,25 milhões foram inscritos em dívida ativa. Em valores atualizados, o total inscrito em dívida ativa alcançou R$ 1,2 bilhão.

Ressarcimento

O Boletim Informativo da ANS indica os principais números sobre ressarcimento ao SUS, como a quantidade de procedimentos realizados por beneficiários na rede pública de saúde, os procedimentos mais onerosos e a distribuição regional desses dados.

Em fevereiro, o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a constitucionalidade do ressarcimento ao SUS.

Para o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar, a decisão da Suprema Corte permitirá a liberação dos valores que até agora estavam em juízo e deve incentivar a regularização do pagamento dos débitos, o que deve provocar um aumento nas arrecadações nos próximos anos. Segundo ele, a decisão traz segurança jurídica ao setor e contribui para a manutenção do serviço público de saúde.

O não pagamento do ressarcimento comprovadamente devido pela operadora resulta na inscrição em dívida ativa e no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (CADIN), bem como a cobrança judicial. Somente em 2017, foram encaminhados R$ 140,7 milhões para inscrição em dívida ativa.

Os valores referentes a atendimentos de beneficiários pelo SUS são integralmente repassados ao Fundo Nacional de Saúde, gerido pelo Ministério da Saúde.

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Após cirurgia e um mês fora, Jefferson volta com gol e assistência na Turquia: “Inimaginável”
iPhone novo é oferecido nas ruas do Rio
Caiado lança em Anápolis pré-candidatura de Valeriano a deputado federal
Ministro anuncia R$ 20 milhões para geração de emprego e renda na Paraíba
Câmara promove sessão em homenagem ao Dia do Jornalista
Conheça os pontos oficiais de troca de figurinhas do álbum da Copa do Mundo 2018
ABEAR lança “Jornada Asas do Bem” e enfatiza a importância do avião no transporte de órgãos para doação
Vanderlan Cardoso troca o PSB pelo PP

MAIS NOTICIAS

 

Miguel Díaz-Canel se prepara para substituir Raúl Castro em Cuba
 
 
Dividido, Conselho de Segurança da ONU buscará convergência em fazenda sueca
 
 
Piloto que pousou avião de emergência virou heroína nos EUA
 
 
TRF4 nega a Lula último recurso em segunda instância
 
 
Polícia faz busca e apreensão na Porsche e na Audi por Dieselgate
 
 
Aviões americanos ainda podem sobrevoar a Rússia, diz Moscou

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212