Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Confira as regras de proteção de dados na UE - Jornal Brasil em Folhas
Confira as regras de proteção de dados na UE


As novas regras para a proteção de dados pessoais na União Europeia, publicadas oficialmente e que entrarão em vigor em 25 de maio, estão surgindo como modelo a seguir, pois impõem um consentimento explícito para seu uso e preveem sanções muito severas para os infratores.

- Informação clara e consentimento explícito -

Os usuários devem ser informados de maneira inteligível e ter facilidade para processar os dados fornecidos durante uma operação ou uso de uma rede social. Além disso, terão que autorizar de forma clara o uso de seus dados e ter a possibilidade de se opor. Será da responsabilidade da pessoa que usa os dados demonstrar que obteve o consentimento do usuário.

- Proteção dos menores -

A legislação europeia prevê disposições específicas para os menores de 16 anos. Para isso, a informação sobre o uso de dados deve ser redigida em termos claros e simples, que um jovem possa entender facilmente. A empresa que tiver a intenção de usar dados de menores deverá obter o consentimento do titular da autoridade parental.

- Duras sanções -

O desconhecimento ou violação dessas regras será punida severamente. A partir de 25 de maio, multas administrativas entre 10 e 20 milhões de euros poderão ser aplicadas e, no caso de empresas como o Facebook, poderão representar entre 2 e 4% de seu faturamento anual em todo o mundo.

- Transferências fora da UE -

Os dados pessoais transferidos para fora da União Europeia continuam sujeitos à legislação da UE, não apenas no que diz respeito à sua transferência, mas também para qualquer processamento e transferência posterior. O direito europeu será aplicado sempre que um residente europeu for afetado pelo processamento de dados, inclusive on-line.

- Ações coletivas -

As associações ativas no campo da proteção de dados e das liberdades dos indivíduos poderão apresentar recursos coletivos em matéria de proteção de dados pessoais.

Qualquer pessoa que sofra um dano material ou moral devido a uma violação das novas regras terá direito a obter uma indenização de quem utilizou os seus dados.

- Parlamento Europeu intransigente -

Os eurodeputados atribuem grande importância ao respeito da privacidade, e o novo regulamento para a proteção de dados pessoais deve muito ao equilíbrio estabelecido com a necessidade de reforçar a segurança contra o terrorismo e o crime organizado.

Os parlamentares regulamentaram estritamente o tratamento e a transferência de dados pessoais dos cidadãos da UE para os Estados Unidos no âmbito da cooperação na luta contra o terrorismo e o crime organizado.

 

Últimas Notícias

Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
Operação da PF investiga desvios de R$ 140 milhões do SUS no Amazonas
Caiado reforça compromisso com o Entorno
Operação prende líder de organização que aplicava golpes pela internet
Secretaria anuncia fim de mais 13 UPPs no Rio até o fim do ano
PF prende suspeitos de tráfico internacional de drogas
Polícia Civil e Senasp deflagram ação conjunta no DF e em 6 estados
Estudante da UFPR é agredido a garrafadas por apoiadores de Bolsonaro

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212