Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Parcelamento sem juros não vai acabar, diz presidente do Banco Central - Jornal Brasil em Folhas
Parcelamento sem juros não vai acabar, diz presidente do Banco Central


SÃO PAULO - O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou que o parcelamento sem juros no cartão de crédito não vai acabar.

O parcelado sem juros não vai acabar. O que nós gostaríamos é de oferecer produtos a mercado, alternativos, que fossem capazes de reduzir a parcela que o consumidor vai pagar. Se tiver um produto que ofereça uma parcela menor, perfeito, respondeu a senadores em audiência na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado na terça-feira (10)

Goldfajn disse ainda que o governo quer estimular as fintechs para aumentar a competitividade no mercado financeiro e reduzir os juros cobrados nos créditos oferecidos ao consumidor.

O presidente do Banco Central disse que o objetivo da instituição é acatar, de forma estrutural, não voluntariosa, todas as causas que tornam o custo de crédito alto no Brasil. As causas citadas por Goldfajn são o alto custo operacional e regulatório, a falta de boas garantias, a necessidade de mais informação no sistema, os subsídios cruzados, os altos compulsórios, a necessidade de estimular a concorrência, entre outros.

Goldfajn destacou a queda de 6,5 pontos percentuais da taxa média cobrada no mercado de crédito em relação ao pico atingido em 2016 e também o recuo no spread cobrado pelos bancos. Isso não significa que estamos satisfeitos com a velocidade da queda. Queremos que a redução seja mais rápida, para que tenhamos logo crédito mais barato para famílias e empresas, disse.

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE