Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Paraíba discute financiamento para Rede de Atenção à Saúde com representantes do BID - Jornal Brasil em Folhas
Paraíba discute financiamento para Rede de Atenção à Saúde com representantes do BID


O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, participou nos dias 10 e 11 de abril de reuniões com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para discutir detalhes de um projeto de financiamento para aperfeiçoamento da Rede de Atenção à Saúde na Paraíba. As reuniões foram realizadas na sala da Comissão Intergestores Bipartite – CIB, que fica na sede da SES-PB, em João Pessoa.

Estiveram presentes nas reuniões a secretária de Saúde do Estado, Cláudia Veras, a gerente Executiva de Vigilância em Saúde, Renata Nóbrega, a gerente executiva de Atenção à Saúde, Patrícia Assunção, o cardiologista e coordenador da equipe de montagem do Hospital Metropolitano, Mário Toscano, além de responsáveis por áreas técnicas da SES-PB.

Durante as reuniões, o especialista de Proteção Social e Saúde do BID, Francisco Ochoa, apresentou o cronograma que a Paraíba deve seguir para a apresentação e negociação do projeto. Ele explicou que em janeiro apenas três cartas-consultas foram aprovadas em todo o Brasil, sendo uma delas a da Paraíba, no valor de 45 milhões de dólares. “Agora é o momento do estado preparar um projeto detalhado, fazendo um diagnóstico claro sobre os desafios e problemas que o estado enfrenta com relação à saúde, esclarecendo as estratégias necessárias para isso. Esse é um processo bem concorrido. A Bahia, por exemplo, já teve seu projeto aprovado e executado, onde o investimento foi usado para construção de hospitais e UPAs. Estamos aqui para dar todo apoio e orientação para que a Paraíba também tenha seu projeto aprovado”, disse Francisco.

O projeto apresentado pelo Governo do Estado na carta-consulta, já aprovado pelo BID, chama-se Projeto Aprimoramento do Modelo de Atenção na Rede de Saúde –AMAR. O Projeto Amar tem como objetivo aprimorar o modelo de Atenção Integral à Saúde no Estado, regulando o acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde, ordenado pela Atenção Primária, todos interconectados em rede digital de informações, que serão coordenadas pela SES-PB, que se voltará prioritariamente para oferta de serviços de média e alta complexidades.

Francisco Ochoa explicou que, com a aprovação da carta-consulta, o próximo passo para o Governo da Paraíba é buscar a aprovação do perfil do projeto. “Nosso objetivo é fortalecer a saúde do estado com esse financiamento. Esperamos que, até o fim de julho, possamos ter o perfil do projeto da Paraíba aprovado, para que em outubro a gente comece as negociações. Seguindo o calendário, depois da aprovação do diretório do banco, o projeto vai para o Senado, para que, se aprovado, possamos assinar o contrato e dar início no estado”, disse.

Para Cláudia Veras, a Paraíba já teve uma primeira vitória com a aprovação da carta-convite. “Conseguimos essa aprovação inicial, apenas três projetos na área da saúde foram aprovados no país, e isso nos anima, pois é muito importante e relevante para a saúde do estado da Paraíba. A partir de agora, vamos trabalhar um cronograma de atividades para preparação das etapas seguintes do calendário do BID, buscando a aprovação do projeto finalizado, buscando conseguir a assinatura e liberação do empréstimo para que possamos investir ainda muito mais em saúde”, concluiu.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212