Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Câmara aprova importantes projetos de autoria do vereador Meinha - Jornal Brasil em Folhas
Câmara aprova importantes projetos de autoria do vereador Meinha


A última sessão ordinária da semana foi marcada pela aprovação de duas relevantes propostas de lei do vereador José Alves de Oliveira, popularmente conhecido como Meinha.

A primeira trata-se do projeto de lei nº 010/18, que assegura matrícula para aluno portador de deficiência locomotora na escola municipal mais próxima da sua residência.

Segundo o autor da proposta, a medida objetiva atender aos preceitos constitucionais da igualdade, do bem comum, da dignidade da pessoa humana e do acesso de todos à educação.

“O entendimento constitucional é que a equalização das diferenças, tratando os desiguais de modo diverso, é o caminho para o atingir a verdadeira e necessária igualdade. Nesse sentido, adoção de medidas que compensem as deficiências das pessoas é um pequeno passo para diminuir as consequências indesejadas das dificuldades que lhes são peculiares”, justificou Meinha.

De acordo com o projeto, o aluno com deficiência locomotora deverá apresentar comprovante de residência no município no instante que fizer a solicitação da matrícula. Sendo que a deficiência de que trata esta matéria deverá ser comprovada ao requisitar a vaga, mediante apresentação de atestado médico, datado de no máximo 30 dias, com indicativo do CID e firmado pelo médico responsável.

É importante frisar que a deficiência locomotora que confere o direito à vaga não poderá ser aquela de causa transitória, para a qual haja prognóstico de melhora ao longo do ano letivo para o qual a vaga foi disponibilizada.

Carteira de vacinação

A outra matéria aprovada foi o projeto de lei nº 008/18, que trata sobre a informatização da carteira de vacinação

Com a aprovação, fica criada a carteira eletrônica de vacinação, sendo que os dados referentes à vacinação, conjuntamente com os procedimentos utilizados atualmente, deverão ser salvos eletronicamente em um banco de dados com acesso em todos os postos de saúde do município.

Meinha explicou que a proposta tem como finalidade solucionar a falta de eficiência do atual cartão de vacina.

“Sabemos que este cartão contém informações muito importantes que precisam ser levadas por toda vida, mas que muitas vezes ficam destruídas por conta do mau uso e armazenamento do cartão, que está sujeito a diversas formas de danificação e perda. Visando acabar com esses problemas, este projeto fará com que todos esses dados fiquem expressos na nova carteirinha de vacinação eletrônica”, justificou o vereador.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Temer designa equipe para vistoriar locais atingidos no RJ
 
 
Candidatos do Enem dizem que provas estavam extensas e interpretativas
 
 
Cinco dias depois das eleições, ainda há recontagem de votos nos EUA
 
 
Facebook sai do ar por cerca de 30 minutos; rede social já voltou
 
 
Polícia faz operação contra milícia no Rio de Janeiro
 
 
Congresso aprova R$ 18,9 bilhões em créditos para diversas áreas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212