Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ivanka Trump lança projeto para inserir mulheres na economia em Lima - Jornal Brasil em Folhas
Ivanka Trump lança projeto para inserir mulheres na economia em Lima


Ivanka Trump, filha e assessora especial do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira (13) em Lima um plano de 150 milhões de dólares para inserir mulheres na economia latino-americana.

Para cada dólar que investirmos, o setor privado mobilizará mais três, disse ela, que espera alcançar os 500 milhões de dólares para fomentar o acesso ao capital, ao trabalho e às oportunidades das mulheres.

Quando uma mulher é bem sucedida, a família, a comunidade e o país também são, justificou.

Rodeada de dez jovens peruanas que já criaram ou pretendem abrir suas próprias empresas, com quem se reuniu na véspera, Ivanka Trump falará na III Cúpula Empresarial - antes da Cúpula das Américas, que começa nesta sexta - da importância de promover o empoderamento econômico feminino na região.

As mulheres reinvestem aproximadamente 90% de seus lucros em suas famílias e comunidades, criando um efeito multiplicador único. Quando investimento em mulheres, as comunidades e países prosperam, garantiu.

Ivanka e seu marido Jared Kushner fazem parte da delegação dos Estados Unidos na cúpula em Lima, liderada pelo vice-presidente Mike Pence representante de Donald Trump, que optou por ficar em Washington para atender urgências mundiais, como a situação na Síria.

Gerar oportunidades para as mulheres é uma das preocupações de Ivanka Trump em seu trabalho em Washington.

Em 2017, ela lançou a Iniciativa Financeira de Mulheres Empreendedoras (We-Fi, na sigla em inglês), um fundo conjunto com o Banco Mundial.

Segundo Ivanka, mulheres empreendedoras enfrentam um déficit de 300 bilhões de dólares em acesso a créditos - e esse rombo é ainda maior na América Latina, garante.

O Produto Interno Bruto (PIB) da América Latina cresceria 2,5 bilhões de dólares se a diferença entre gêneros na participação da força de trabalho fosse completamente eliminada, garante os organizadores da Cúpula Empresarial.

 

Últimas Notícias

Saúde libera recursos para atender moradores da região de Brumadinho
Justiça determina prisão preventiva de acusado de espancar paisagista
Irmão de mulher espancada diz que ainda está chocado com a violência
Flamengo pede mais prazo para decidir sobre indenização de vítimas
Profissionais que atuaram em Brumadinho serão monitorados
Auditores descobrem 158 Kg de cocaína na fronteira com a Bolívia
Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212