Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jun de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Ataque à Síria: presidente do Parlamento Europeu teme escalada do conflito - Jornal Brasil em Folhas
Ataque à Síria: presidente do Parlamento Europeu teme escalada do conflito


O italiano Antonio Tajani, presidente do Parlamento Europeu, afirmou hoje (14), em entrevista à rádio pública italiana RAI, que o uso de armas químicas é inaceitável e que é preciso evitar uma escalada militar na Síria. A declaração foi feita após os ataques desta madrugada realizados conjuntamente pelos Estados Unidos, pelo Reino Unido e pela França.

Tajani disse ainda que a operação contra a Síria será discutida na segunda-feira (16) no Parlamento Europeu e que espera que haja uma solução pacífica que inclua a União Europeia e as Nações Unidas. O futuro da Europa passa também pela política internacional e esta inclui a Síria, afirmou.

No entanto, Tajani admitiu temer que a situação se agrave e afirmou estar preocupado com a população civil. O perigo é o que pode vir a seguir, disse.

Outras lideranças

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou que a União Europeia “está ao lado dos seus aliados e ao lado da Justiça. Em sua conta no Twitter, Dusk escreveu que os ataques dos EUA, França e Reino Unido mostram claramente que o regime sírio, com a Rússia e o Irã, não pode continuar com esta tragédia humana, pelo menos sem custos”.

Também no Twitter, o presidente da Comissão Europeia, Jean - Claude Juncker, afirmou que o uso de armas químicas é inaceitável em qualquer circunstância e deve ser fortemente condenado. A comunidade internacional tem o dever de identificar e responsabilizar os culpados por qualquer ataque com armas químicas.

Ataque conjunto

Na noite dessa sexta-feira (13), os Estados Unidos anunciaram que lançaram um ataque em conjunto com o Reino Unido e a França contra instalaçãoes de armas químicas na Síria, em resposta ao suposto ataque químico à cidade de Duma, realizado há uma semana.

Segundo o governo dos EUA, foram atingidos os três alvos descritos como locais de “capacidades químicas”: um centro de pesquisa científica localizado na capital, Damasco; uma instalação de armazenamento de armas químicas, localizada a oeste de Homs; e ainda uma terceira próxima ao segundo alvo, que serviria – segundo o Pentágono – de armazém de equipamentos de armas químicas, além de um posto de comando.

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Interventor apresenta plano estratégico para comissão da Câmara
Temer sanciona lei que permite venda direta do óleo do pré-sal
Temer diz que governo vai esperar decisão do STF sobre fretes
PM é indiciado por assassinato de jovem na Grande São Paulo
ONS vai fazer operações especiais para garantir energia na Copa
Mar agitado destrói parte de proteção da estrutura na Praia da Macumba
Anac prevê leilão de mais 13 aeroportos até o fim do ano
TCU vai investigar se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas

MAIS NOTICIAS

 

Pelo grupo do Brasil, Sérvia vence Costa Rica
 
 
Justiça Federal aceita 24ª denúncia contra ex-governador Sérgio Cabral
 
 
Copa do Mundo altera rotina de comissões e de visitas no Congresso
 
 
Carioca ainda aguarda estreia do Brasil para entrar no clima da Copa
 
 
Torcida acredita em vitória do Brasil, mas sem muita euforia
 
 
Neymar afirma que não tem medo de sonhar grande

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212