Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mansueto de Almeida será o novo secretário do Tesouro Nacional - Jornal Brasil em Folhas
Mansueto de Almeida será o novo secretário do Tesouro Nacional


O economista Mansueto Facundo de Almeida Júnior será o novo secretário do Tesouro Nacional, anunciou hoje (16) o Ministério da Fazenda.

Mansueto, que é atualmente secretário de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria (Sefel) do ministério, ocupará o lugar de Ana Paula Vescovi, que será a nova secretária-executiva da pasta.

As alterações foram comunicadas em nota divulgada hoje (16) pela pasta.

O economista Alexandre Manoel Angelo da Silva, atual subsecretário de Governança Fiscal e Regulação de Loteria, assume o lugar de Mansueto, passando a comandar a Sefel. Ariosto Antunes Culau, que atualmente, ocupa a Chefia de Gabinete do Ministro da Fazenda ocupará o cargo de Secretario-Executivo Adjunto.

As mudanças têm sido anunciadas desde a semana passada, desde a posse de Eduardo Guardia como ministro da Fazenda. Após filiar-se ao MDB, o então ministro Henrique Meirelles deixou o cargo para concorrer às eleições deste ano. Ao assumir a Fazenda, Guardia disse que manteria a equipe no ministério. O ministro tem feito remajamentos, mas tem mantido os mesmos nomes na pasta.

Mansueto Facundo de Almeida Jr. é técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Foi coordenador-geral de Política Monetária e Financeira na Secretaria de Política Econômica no Ministério da Fazenda, entre 1995 e 1997; assessor da Comissão de Desenvolvimento Regional e de Turismo do Senado Federal, de 2005 a 2006. De 2014 a 2016 foi consultor privado.

Alexandre Manoel Angelo da Silva também é técnico de Planejamento e Pesquisa do Ipea. Foi subsecretário de governança fiscal e regulação de loteria, entre 2016 e 2018 na Sefel, coordenador-geral de política fiscal na Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda, em 2003 e 2004 e, posteriormente, em 2007 e 2008; e, e secretário municipal de projetos estratégicos na Prefeitura de Maceió, entre 2013 e 2016.

Ariosto Antunes Culau é Analista de Planejamento e Orçamento, tendo exercido vários cargos nessa área, tais como diretor de Programas Econômicos, secretário adjunto e secretário de Orçamento Federal, no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Na esfera estadual, foi superintendente do Tesouro do Estado de Goiás e secretário de Planejamento e Gestão do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. No Ministério da Fazenda, foi coordenador-geral do Gabinete do Ministro, subsecretário para Assuntos Econômicos da Secretaria Executiva e, atualmente, ocupa a Chefia de Gabinete do Ministro da Fazenda.

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212