Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Após chuvas fortes, barragens se rompem e duas crianças morrem em Paragominas - Jornal Brasil em Folhas
Após chuvas fortes, barragens se rompem e duas crianças morrem em Paragominas


A prefeitura de Paragominas, no Pará, decretou estado de calamidade pública por causa dos danos causados pelas fortes chuvas, enxurradas e alagamentos que atingiram o município desde a madrugada de ontem (12). Duas crianças morreram. O rompimento de pelo menos três barragens na região contribuiu para o aumento do volume de água. O nível do Rio Uraim, o principal do município, se elevou em 4 metros.

Casas foram atingidas pelas águas em 14 bairros da cidade, mais de 350 famílias foram afetadas e aproximadamente 100 estão desabrigadas. A enxurrada também rompeu a rodovia PA-256, exatamente no trecho que havia sido recuperado e liberado para o trânsito no início desta semana pelo governo estadual. Várias rodovias do estado tiveram problemas por causa da chuva.

Segundo a prefeitura, as chuvas já diminuíram hoje (13) e o nível do rio está baixando.

Rompimento de barragens

Ontem (12), equipes da prefeitura fizeram um sobrevoo pela cidade e detectaram o rompimento de pelo menos três barragens de rio em propriedades particulares usadas, por exemplo, para criação de peixes.

A Secretaria de Meio Ambiente de Paragominas está fazendo um levantamento sobre a situação dessas barragens para confirmar quantas se romperam e avaliar se ainda existe risco.

O governo do estado e o Ministério Público do Pará também acompanham a situação.

Assistência à população

A prefeitura de Paragominas disponibilizou pontos de abrigo na cidade, nas escolas Maria da Silva Nunes, Salmonozor Brasil, Reginaldo Souza Lima, Amilcar B. Tocantins e Sonia M Terzella; no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Camboatã; e no Ginásio de Esportes. As pessoas que tiveram suas casas invadidas pela água da chuva podem se dirigir a esses locais.

A Secretaria de Assistência Social também está realizando o cadastro das famílias atingidas para que possam receber benefícios do governo ou doações. O atendimento é feito na sede da secretaria e nos CRAS Morada do Sol (Casequinha), Jaderlândia e Camboatã.

Segundo a Defesa Civil do estado, 21 municípios registram situação de emergência por causa das chuvas no Pará. A situação persiste desde o mês de dezembro, quando foram registrados alagamentos, enxurradas e inundações.

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212