Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 China lidera corrida mundial do 5G - Jornal Brasil em Folhas
China lidera corrida mundial do 5G


A China lidera a corrida de desenvolvimento do 5G, a rede de internet móvel ultrarrápida, à frente da Coreia do Sul e dos Estados Unidos, de acordo com um estudo publicado nesta segunda-feira (16).

Esses três países, junto com o Japão, são os mais comprometidos com o desenvolvimento da tecnologia, segundo a pesquisa da empresa Analysys Mason, que avaliou as ações empreendidas por empresas e as políticas públicas em dez países.

Esses quatro líderes globais são o primeiro grupo - o mais bem preparado -, enquanto os mercados europeus, que incluem França, Alemanha e Reino Unido, figuram no segundo grupo. Cingapura, Rússia e Canadá fazem parte do terceiro grupo, de acordo com o estudo conduzido pela CTIA, a associação americana de operadores de telecomunicações.

A China deve seu forte avanço tanto a uma política governamental proativa, quanto ao impulso proveniente do setor, comentou a CTIA em nota. Lá, todas as grandes empresas do setor se comprometeram com datas de lançamento e o governo com as atribuições de frequências aos operadores.

O 5G é um fator-chave no desenvolvimento de objetos conectados. Sua evolução deve ajudar a processar os bilhões de dados necessários para o uso maciço de carros autônomos e outros objetos inteligentes cotidianos.

A União Europeia almeja contar com o 5G até 2020.

Os Estados Unidos não terão uma segunda oportunidade de vencer a corrida mundial do 5G, afirmou Meredith Attwell Baker, diretora da CTIA.

Os primeiros desenvolvimentos comerciais desta tecnologia são esperados para este ano na Ásia e nos Estados Unidos, mas a maior parte das implementações devem chegar em 2019, de acordo com um estudo recente da GlobalData.

O 5G é considerado por muitos países, especialmente os Estados Unidos, como um assunto estratégico. Em meados de março, a Casa Branca bloqueou uma OPA (oferta pública de aquisição) da empresa de semicondutores Broadcom, sediada em Cingapura, sobre a americana Qualcomm, evocando temores para a segurança nacional.

Os Estados Unidos temem sobretudo à China, particularmente o grupo Huawei.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212