Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Facebook divulga novos parâmetros de privacidade na UE - Jornal Brasil em Folhas
Facebook divulga novos parâmetros de privacidade na UE


O Facebook começará esta semana a a propor a seus usuários europeus novos parâmetros de confidencialidade para adaptar-se ao Regulamento Europeu de Proteção de Dados (RGPD), anunciou o grupo nesta quarta-feira.

Anunciadas no fim de janeiro, antes da explosão do escândalo da empresa britânica Cambridge Analytica, estas medidas se ajustariam às normas de proteção dos dados pessoais dos cidadãos europeus, que também serão aplicadas ao conjunto das empresas, inclusive aquelas que não têm sede no continente.

O RGPD exige por exemplo informações claras dos usuários e a sua autorização a respeito de uma eventual utilização de seus dados.

Todos - independente do local em que morem - serão convidados a examinar informações importantes sobre a maneira como o Facebook utiliza seus dados e a fazer escolhas a respeito de sua privada no Facebook, informou o grupo em um texto publicado em seu blog.

As novas medidas serão aplicadas na Europa esta semana e nas próximas semanas e meses no mundo inteiro, afirmou Rob Sherman, diretor adjunto de segurança do Facebook, durante um encontro com jornalistas na sede da empresa na Califórnia.

De modo concreto, os usuários receberão uma mensagem na qual serão convidados a escolher se desejam compartilhar informações como as preferências políticas ou religiosas, ou o status de relacionamento.

Também poderão decidir sobre as propagandas que desejam receber ou sobre o uso ou não do reconhecimento facial, que permite ao Facebook identificar seus usuários em fotografias.

Nossa intenção é propor os mesmos parâmetros e controles de confidencialidade em todo o mundo, destacou Sherman.

A empresa enfrenta um escândalo relacionado justamente ao vazamento de dados de milhões de usuários para a empresa Cambridge Analytica, especializada em comunicação estratégica, que trabalhou para a campanha do presidente americano Donald Trump nas eleições de 2016.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, passou na semana passada por 10 horas de interrogatório no Congresso americano sobre os problemas.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212