Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 LATAM Chile amplia reagendamento de voos, após oito dias de greve - Jornal Brasil em Folhas
LATAM Chile amplia reagendamento de voos, após oito dias de greve


A LAN Express, filial da LATAM no Chile, anunciou nesta quarta-feira (18) que vai ampliar os cancelamentos e reagendamentos de voos nacionais, após seus tripulantes de cabine rejeitarem um acordo para dar fim à greve, que já dura oito dias.

Os tripulantes rejeitaram o acordo proposto pela companhia aérea na terça e decidiram estender a greve. Desde seu começo, a transportadora já precisou cancelar ou reagendar mais de 600 voos nacionais e algumas conexões na América Latina - uma medida que vai continuar por mais uma semana.

Estamos muito conscientes de que nossos passageiros são os mais afetados por esta paralisação. Por isso, estamos fazendo todos os esforços para mitigar os impactos que esta situação provoca, afirmou Claudia Sender, vice-presidente sênior de clientes do LATAM Airlines Group.

As operações de longa distância não serão afetadas, segundo a LATAM.

Passageiros afetados poderão trocar a data, ou origem, de seus voos, bem como exigir a devolução dos custos dos bilhetes aéreos sem nenhuma penalidade.

O sindicato, que reúne 940 tripulantes, iniciou sua greve em 10 de abril para exigir melhorias em suas condições de trabalho, sobretudo na questão dos turnos.

A Latam, maior companhia da América Latina - resultado da fusão da brasileira TAM com a chilena LAN em 2015 -, ofereceu uma redução dos turnos. Contudo, os funcionários decidiram rejeitar a proposta, que lhes tirava outros benefícios que, na prática, pioravam a condição de descanso, indicou uma nota dos funcionários.

Nos entristece profundamente que a empresa tenha preferido custear os prejuízos milionários que a greve representa, com o dano isso traz aos passageiros e funcionários, disse Silka Seitz, presidente do sindicato.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212