Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Treze pessoas são detidas na Venezuela por planejar atentados contra eleições - Jornal Brasil em Folhas
Treze pessoas são detidas na Venezuela por planejar atentados contra eleições


Treze pessoas foram detidas na Venezuela acusadas de planejar atentados contra as eleições 20 de maio, nas quais o presidente Nicolás Maduro buscará a reeleição, anunciou o governo nesta quarta-feira.

As prisões aconteceram nos últimos dias em Caracas e duas localidades vizinhas, durante uma operação em que foram apreendidos cerca de 3.000 balas de fuzil e material para fabricar explosivos, disse o ministro do Interior, Néstor Reverol.

O Movimento Nacionalista - um pequeno coletivo opositor - havia denunciado nesta segunda-feira sete dessas detenções, indicando que se tratava de militantes seus, incluindo o líder do grupo, Vasco da Costa.

A formação promove a abstenção nas eleições presidenciais.

Reverol, entretanto, garante que os detidos por agentes de inteligência fazem parte de uma célula terrorista que planejava boicotear as eleições com atentados à sede do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) e outros edifícios estatais.

Pretendiam colocar explosivos nas instalações de poderes públicos, CNE, comando da Guarda Nacional, na base aérea de La Carlota, afirmou o ministro na televisão estatal, ao mostrar fotos dos detidos e o material apreendido.

Segundo o relatório, vários dos sindicados fizeram parte dos protestos contra Maduro que deixaram 125 mortos entre abril e julho de 2017.

A operação que terminou com as prisões deu continuidade a outra na qual Óscar Pérez, foi morto, em janeiro. O ex-piloto da polícia lançou granadas de um helicóptero e disparou contra edifícios do governo em junho de 2017, sem deixar vítimas.

Segundo Reverol, os acusados também têm vínculos com o ex-ministro da Defesa Raúl Baduel, que atualmente está preso.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212