Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Hemocentro da Paraíba lembra Dia Mundial da Hemofilia - Jornal Brasil em Folhas
Hemocentro da Paraíba lembra Dia Mundial da Hemofilia


Palestras educativas, apresentação de um teatro de fantoche, distribuição de pipoca e algodão doce, além de um lanche especial marcaram as ações alusivas ao Dia Mundial da Hemofilia no Hemocentro da Paraíba. O momento festivo aconteceu, na manhã desta terça-feira (17), reunindo pacientes atendidos pela instituição e seus familiares.

Para a diretora-geral do Hemocentro da Paraíba, Luciana Gomes, esta foi mais uma oportunidade para lembrar a todos os portadores de hemofilia que eles podem ter uma vida normal, plena de alegria e conquistas. A diretora ressaltou ainda que deseja manter o diálogo constante com os portadores de hemofilia e associações que ajudam no tratamento da doença. “O Hemocentro da Paraíba é uma instituição de portas abertas para acolhê-los e prestar toda assistência necessária”, pontuou Luciana Gomes.

Para o pequeno Hyan Cleber, de apenas 7 anos, o tratamento que recebe no Hemocentro desde 2017 garante uma vida repleta de desafios. “Eu gosto de andar de bicicleta de jogar bola. Quase todo dia eu brinco com meus amigos e nem me lembro da doença”, afirmou. A mãe de Hyan, a dona de casa Lucilene Soares, explica que o cuidado diário é com a aplicação do fator VIII que previne acidentes hemorrágicos.

A médica hematologista Sandra Sibele esclarece que hemofilia é uma doença genética hereditária que se caracteriza pela falta de fator de coagulação no sangue, responsável pelo controle das hemorragias. A doença tem dois tipos mais comuns: Hemofilia tipo A, devido à deficiência do Fator VIII, e a Hemofilia tipo B, em função da deficiência do Fator IX, ambas afetam principalmente os homens.

O Hemocentro da Paraíba é o centro de tratamento da hemofilia no Estado. A instituição é a única onde o resultado para o diagnóstico da doença sai em apenas 24 horas, segundo a médica Sandra Sibele. A unidade de saúde também dispõe de uma equipe multidisciplinar (assistente social, fisioterapeuta, odontologia e psicologia) para atender os portadores da doença.

Segundo Euciclenio de Souza Soares, de 38 anos, portador da hemofilia e em tratamento da doença desde criança, a oferta de fatores de coagulação para as pessoas com a doença trouxe melhorias na qualidade de vida, garantido a quem faz o tratamento ficar livre de episódios hemorrágicos, dores e hematomas. “Uso o fator de coagulação VIII pelo menos três vezes na semana. Isso me garante ter uma qualidade de vida melhor”, declarou.

O presidente da Federação Brasileira dos Hemofílicos e da Sociedade de Hemofílicos da Paraíba, Elias Marques Ferreira, também explicou que a doença é hereditária estando relacionada ao cromossomo X, que está presente em todos os grupos étnicos e lugares do mundo. É transmitida por um homem hemofílico ou por uma mulher portadora do gene com essa informação, aos seus descendentes.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212