Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo realiza programação do “Abril Verde” com ações preventivas de acidentes de trabalho - Jornal Brasil em Folhas
Governo realiza programação do “Abril Verde” com ações preventivas de acidentes de trabalho


A Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Centro de Referência Estadual de Saúde do Trabalhador da Paraíba (Cerest-PB), está realizando durante o mês de abril, em todo o estado, ações de conscientização sobre acidentes e doenças do trabalho. As atividades fazem parte da programação do “Abril Verde”, movimento que tem como objetivo a promoção e a prevenção em saúde do trabalhador.

Segundo a diretora do Cerest-PB, Celeida Barros, a escolha do mês de abril para abordar o tema ocorreu devido ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho ser comemorado dia 28 deste mês. “O “Abril Verde” é uma iniciativa criada em 2014, que tem o intuito de conscientizar a população sobre doenças e acidentes do trabalho, visando diminuir a crescente ocorrência e a mortalidade dos últimos anos. O movimento chama a atenção da sociedade brasileira para a adoção de uma cultura permanente de prevenção de acidentes de trabalho e doenças relacionadas ao trabalho”, explicou.

De acordo com a programação, o movimento teve início com a realização, em João Pessoa, de oficinas de Boas Práticas de Saúde e Segurança para trabalhadores da agricultura familiar da agroecologia e catadores. Nesta quarta-feira (18), será realizada, em Barra de São Miguel, uma reunião para discussão de ações de promoção e prevenção para trabalhadores de poços artesianos e cisternas dos 14 municípios do Cariri. Também haverá o lançamento do Guia Básico de Prevenção de Acidentes em Espaços Confinados. Já no dia 25 será realizada a implantação do Núcleo de Saúde do Trabalhador, no município de Sousa. As atividades do “Abril Verde” se encerram dia 26, com a 4ª Edição do Circuito de Saúde, Cultura e Direitos dos Trabalhadores e Trabalhadoras, também em Sousa.

Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, no período de 2012 a 2017 foram registrados 12.578 óbitos por acidente de trabalho no Brasil, sendo 114 na Paraíba. Diariamente, cerca de seis trabalhadores são afastados de suas funções por causa de acidentes de trabalho e doenças laborais em todo o estado. Só em 2017 foram 2.171 afastamentos, que geraram R$ 9,4 milhões de gastos previdenciários. As consequências dos acidentes de trabalho vão desde o afastamento temporário e a redução da capacidade laboral, à invalidez permanente e até ao óbito do trabalhador.

“Muita gente pensa que o Sistema Único de Saúde é responsável apenas pela parte da assistência. É importante frisar que, por meio da Portaria 1823/2012, foi instituída a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, considerando os altos índices de mortalidade e adoecimento no trabalho. A partir daí, a saúde do trabalhador passou a ser assunto de Saúde Pública, do SUS”, acrescentou Celeida.

História – Em 28 de abril de 1969, uma explosão em Farmington, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, deixou 78 mineiros mortos. Em 2003, em memória às vítimas, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) adotou a data como o dia oficial da segurança e saúde nos locais de trabalho.

Desde maio de 2005, foi instituído o Dia Nacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, por meio da Lei nº 11.121.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212