Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 TJ reverte decisão e desbloqueia R$ 31, 5 milhões do Estado - Jornal Brasil em Folhas
TJ reverte decisão e desbloqueia R$ 31, 5 milhões do Estado


A Procuradoria Geral Estado (PGE) conseguiu decisão favorável no Tribunal de Justiça para suspender o bloqueio de R$ 31,5 milhões da conta único do Tesouro Estadual. Os recursos serão utilizados na construção e reforma de unidade unidades do Sistema Socieducativo, sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A decisão, em caráter liminar até julgamento do mérito, foi concedida pelo desembargador José Zuquim Nogueira. Há uma semana, o Juízo da 1ª Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Cuiabá de Cuiabá decidiu pelo bloqueio do recurso.

O Estado de Mato Grosso alegou, no agravo de instrumento, “que mesmo diante de profunda dificuldade financeira tem implementado políticas públicas” para a construção e reforma de prédios para atender menores que cometeram atos infracionais. Para isso, foi elaborado o Plano Decenal do Sistema Socieducativo (2015-2024). O documento foi feito com base em diagnósticos técnicos.

Os recursos que haviam sido bloqueados são para a construção de unidades nos municípios de Sinop e Tangará da Serra, cada uma no valor de R$ 15 milhões e montante de R$ 1,5 milhão para reforma no Centro Socieducativo de Cuiabá.

“Todos os cronogramas apresentados à Justiça para as novas construções representam o tempo real necessário à efetivação das demandas. Salientamos que não basta construirmos unidades, pois temos que aparelharmos o local, contratarmos os serviços necessários à manutenção da mesma, sem falarmos na necessidade de mais servidores, o que trará grande impacto financeiro ao erário (cada vaga em uma Unidade de Internação Socioeducativa custa em média 10 salários-mínimos ao mês)”, explicou a Sejudh.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212