Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Pesquisa revela que servidores da Segurança Pública se sentem respeitados - Jornal Brasil em Folhas
Pesquisa revela que servidores da Segurança Pública se sentem respeitados


Servidores das forças de segurança de Mato Grosso se sentem bem tratados e livres de qualquer preconceito racial, religião e orientação sexual. Os dados foram consolidados por meio de pesquisa realizada com os profissionais da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Politec. O trabalho foi dirigido pela Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Sesp, em parceria com as unidades de segurança.

A pesquisa para traçar o clima organizacional das instituições começou em julho passado e terminou em fevereiro deste ano. Responderam ao questionário, online e presencial, 1.577 servidores públicos das forças de segurança, totalizando 11,86% de todo o efetivo.

Com os servidores da Sesp, o quesito que alcançou alta porcentagem dos servidores foi o reconhecimento da chefia com os resultados alcançados. Mais de 80% dos pesquisados se sentem reconhecidos com a função que desempenha.

Os membros do Comitê Setorial de Saúde e Segurança da Sesp fundamentou o estudo de clima organizacional em três frentes: gestão, comportamento organizacional, comunicação e ambiente de trabalho.

Na tarde desta terça-feira (17.04), o grupo de trabalho da Gestão de Pessoas da Sesp apresentou ao secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia, os resultados obtidos. “A equipe está de parabéns pelo trabalho desenvolvido. É muito bom saber dos servidores como estão se sentindo no desempenho de sua função. Queremos melhorar cada vez mais nosso ambiente de trabalho”, destacou.

A coordenadora de Gestão de Pessoas da Sesp, Keila Regina da Silva Nunes Costa, disse que trabalho é fundamental para conhecer os anseios dos servidores. “Essa pesquisa permitiu saber o que o profissional deseja e traçar metas para aperfeiçoar ainda mais. Muitas melhorias surgem da visão do servidor que atua lida diariamente com dificuldades e soluções”, enfatizou.

O próximo passo, ainda segundo a coordenadora, é apresentar o resultado ao gestor de cada instituição e, a partir daí, criar meios para avançar na valorização do servidor.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212