Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


11 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Integração consolida redução de homicídio, roubo e furto no 1º trimestre do ano - Jornal Brasil em Folhas
Integração consolida redução de homicídio, roubo e furto no 1º trimestre do ano


Redução nas ocorrências homicídios (8%), roubo (22%) e furto (20%) é o saldo do primeiro trimestre de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado, nas 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) que engloba os 141 municípios.

Os números serão apresentados, nesta quarta-feira (18.04), às 10 horas, na Secretaria de Estado de Segurança Pública pelo secretário estadual de Segurança Pública, Gustavo Garcia. Ele vai estar à disposição da imprensa para entrevistas.

Também vão estar presente na divulgação dos dados os representantes das forças de segurança da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Gustavo Garcia atribui o bom resultado ao trabalho integrado entre as forças policiais, os poderes, órgãos municipais, Ministério Público e secretarias estaduais, entre elas a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

Ele acrescenta que o incremento na atividade de inteligência ao longo da gestão e os investimentos e a motivação dos policiais fizeram a diferença e proporcionaram respostas precisas. Por exemplo o enfrentamento as facções criminosas vêm gerando impacto importante na redução de índices de criminalidade principalmente nos crimes contra vida e contra patrimônio.

“O desenvolvimento da atividade de inteligência e investimentos ao longo dos anos foram fundamentais e contribuíram com essa redução. O direcionamento das forças operacionais através da análise criminal potencializa as ações operacionais das forças de segurança.

O gestor cita que o fortalecimento das atividades operacionais também foi importante para a contenção dos índices. Isso se dá pelo aumento das operações integradas, pagamentos de diária e o fortalecimento do efetivo nas Risps do estado, como exemplo a Operações Bairro Seguro realizada nos 141 municípios.

Roubo e Furto

Dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Sesp apresentam queda nas ocorrências de roubo (-27%) e furto (-33%) na Risp de Cuiabá que envolve os municípios de Acorizal, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Santo Antônio de Leverger e Barão de Melgaço. Em números absolutos foram menos 631 roubos e 1.755 furtos.

Segue a tendência com redução (-35%) em roubo e (-28%), em furto na Risp de Várzea Grande que compreende os municípios de Rosário Oeste, Nobres, Jangada, Poconé e Nossa Senhora do Livramento, o comparativo do ano passado e o mesmo período para este ano nos três primeiros meses do ano.

Ainda segundo dados, a Risp de Rondonópolis que envolve 15 municípios, houve queda fechando com menos 181 roubos e 79 furtos - (-31%) e (-8%), respectivamente se comparado com as ocorrências de 2017.

Homicídio

Devido a sazonalidade a Risp de Cuiabá em 2017 registrou 34 homicídios contra 37 deste ano, uma diferença de três mortes. A Risp de Várzea Grande segue a tendência, sendo 2017 com 24 homicídios contra 32, nos três primeiros meses de 2018.

Referente a esse aumento o secretário Gustavo Garcia destaca ser natural, pois segurança pública trabalha com ocorrências temporais e que o aumento está dentro da normalidade.

“Não há uma linha constante na criminalidade as variações ocorrem e cabe a análise criminal identificar as causas dessa variação. Na Segurança Pública se trabalha pelo período de um ano e identificamos essa sazonalidade por cada período.

O secretário acrescenta que dentro da política de redução de índices há muito que se comemorar os 8% de redução de homicídio em todo estado.

“Agora nosso foco é trabalhar a redução de homicídio na região metropolitana com base nos indicadores atuais. Identificamos o aumento e de imediato vamos combater de forma ostensiva e repressiva e logo em seguida de forma muito natural a redução irá acontecer”.

 

Últimas Notícias

Jornalista e radialista Laerte Junior morre aos 52 anos
Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018
Intenção de investimentos da indústria cresce 4,4 pontos
Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
Anatel apreende mais de 126 mil produtos não certificados

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212