Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Roda de conversa aborda teste de triagem neonatal no Médio Araguaia - Jornal Brasil em Folhas
Roda de conversa aborda teste de triagem neonatal no Médio Araguaia


Com o propósito de implementar o Teste de Triagem Neonatal no Médio Araguaia, o Escritório Regional de Saúde (ERS) de Água Boa reuniu profissionais da rede pública de saúde da região em uma roda de conversa sobre o tema e que envolve os Testes do Olhinho, Coraçãozinho, Linguinha, Orelhinha e Pezinho.

Participaram da roda gestores, técnicos, fonoaudiólogos, enfermeiros, médicos, assistente social, farmacêutico/bioquímico, entre outros representantes dos municípios da jurisdição e técnicos do Escritório Regional.

“Estamos trabalhando para que todos os recém-nascidos da região tenham acesso à triagem neonatal completa”, informa Leila de Moraes Lourenço Souto, do ERS de Água Boa.

A roda de conversa teve como facilitadores a médica pediatra Cláudia Gervazoni Costa, da Secretaria Municipal de Saúde de Canarana, e do fonoaudiólogo Evanildo Peres Batista, da Secretaria Municipal de Saúde de Nova Nazaré, que esclareceram sobre a importância dos testes, legislação em vigor, profissionais habilitados e espaços e equipamentos necessários para os testes.

De acordo com os protocolos, a triagem neonatal está prevista na legislação brasileira assegurando a todo bebê que nasce no Brasil o direito de realizar gratuitamente cinco exames muito importantes para a sua saúde.

Os testes têm como objetivo geral identificar distúrbios e doenças no recém-nascido, em tempo oportuno, para intervenção adequada, garantindo tratamento e acompanhamento contínuo às pessoas com diagnóstico positivo, com vistas a reduzir a morbimortalidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Dentre as doenças de identificação precoce, podem ser citadas fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita, deficiência de biotinidase, retinopatia da prematuridade, catarata congênita, glaucoma, retinoblastoma, infecções, traumas de parto e a cegueira congênita, cardiopatia congênita, catarata congênita, tumor, glaucoma ou estrabismo e problemas auditivos.


 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212